Filipe Luís faz alerta sobre relaxamento do Flamengo: “Não é questão física, é mental”

Lateral marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra e falou sobre as três decisões do time esse mês

Ítalo Bruno
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo fez um primeiro tempo tranquilo diante do Fluminense e com certa facilidade fez 3 a 0 e foi para o intervalo com larga vantagem. Porém, na segunda etapa uma brusca queda de rendimento foi vista e o Fluminense chegou ao 3 a 2 e por pouco não buscou o empate, que o classificaria para a final da Taça Guanabara.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

Autor do terceiro gol rubro-negro no jogo, o seu primeiro com a camisa do Flamengo, o lateral-esquerdo Filipe Luís fez um alerta a equipe. Com três finais pela frente (Supercopa (16), Recopa (19 e 26) e Taça Guanabara (22), o relaxamento da equipe preocupa o jogador.

“Quando nosso time tira o pé do acelerador, sente. Acontece. Já aconteceu ano passado. Acho que não é questão física, é mental. Simplesmente achamos que já está ganho. É uma falta que não faz, uma bola que não dá o valor que deveria dar… Eu me incluo nisso”, disse o lateral.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

O atacante Bruno Henrique, que mais uma vez marcou gol pelo Flamengo em um clássico, também citou o relaxamento da equipe e ressaltou que por disputada em jogo único, a Supercopa do Brasil não permitirá erros da equipe.

“Nossa equipe perdeu um pouquinho do que estava fazendo. No primeiro tempo jogamos muito bem, mas relaxamos um pouco depois dos gols. Serviu de lição. Contra uma equipe qualificada, não pode ter esses erros. Tem que entrar de uma maneira diferente (na Supercopa). É um jogo só, não pode dar mole. O poder de concentração aumenta um pouco mais”, ressaltou o atacante.

O Flamengo volta a campo no domingo para a disputa da Supercopa, no Mané Garrincha, em Brasília, às 11h00, diante do Athletico Paranaense. A partida deverá ser também o retorno de Rodrigo Caio, que por conta de um corte no joelho vem desfalcando a equipe.

Leia mais

“Fracasso espetacular”, diz New York Times sobre Neymar no PSG

Thiago Maia revela aposta com Bruno Henrique por gol no Fla-Flu