Klinsmann deixa clube alemão após dois meses de trabalho

A justificativa do treinador seria a falta de confiança no atual projeto do clube

Ivan Garcia
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: (AP Photo/Michael Sohn)

Jurgen Klinsmann anunciou que está saindo do Hertha Berlim. Após 76 dias de trabalho, o alemão publicou em seu Facebook que acreditou em um projeto em novembro, mas agora sentiu falta de confiança por parte dos dirigentes. Sendo assim, o treinador também falou sobre a falta de união e coesão dentro do clube.

“Como treinador principal, preciso da confiança que envolve esta tarefa, algo que não consegui. Especialmente em casos de luta pela permanência, a unidade, coesão e foco são essenciais e o elemento mais importante”, explicou.

Se inscreva no canal do Toredores no Youtube, clique aqui!

Siga o Torcedores no Instagram, clique aqui!

Em comunicado o Hertha Berlim se mostrou surpreendido com a decisão de Klinsmann. O clube disse que, nadao fazia prever essa saída, principalmente após a janela de transferências. Contudo, o time alemão fez duas contratações em janeiro, a pedido do técnico alemão. Trata-se de Piatek e Tousart.

Por fim, o Hertha Berlim será comandado interinamente pelo Alexander Nouri. O clube ocupa atualmente a 14ª colocação do Campeonato Alemão, e apenas seis pontos da zona de rebaixamento. A próxima partida será contra o Paderborn 07, que é lanterna da competição.

LEIA MAIS

Hertha Berlim é o clube que mais gastou na janela de inverno; veja a lista