Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Michel Pereira rebate acusação de golpe ilegal em Diego Sanchez

‘Paraense Voador’ posta fotos alegando que joelhada que causou desqualificação no UFC Rio Rancho foi no peito do americano

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

A polêmica da luta do UFC Rio Rancho entre Michel Pereira e Diego Sanchez continua. Agora, foi a vez do brasileiro a rebater a controvérsia alegando que a joelhada que causou sua desqualificação na luta não teria sido ilegal.

Em postagem no Twitter, o ‘Paraense Voador’ apontou que a joelhada ‘culpada’ pela derrota teria sido no peito e não na cabeça, o que é ilegal pelas regras do Ultimate. E que o corte na cabeça de Sanchez seria, na verdade, originário de outro golpe;

“Essa foi a joelhada que abriu o corte na testa dele, a outra foi no peito”, escreveu Pereira na rede social.

De acordo com as ‘Unified Rules’, regras usadas nos eventos do UFC, joelhadas na cabeça de um lutador em posição no solo são ilegais. E custaram a derrota a Michel Pereira quando Diego Sanchez alegou que

LEIA MAIS

Árbitro revela ter recebido ameaças de morte por polêmica no UFC 245

Daniel Cormier relembra “sacrifícios” para cortar peso

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC)