MLB: Tampa Bay Rays assina com Deck McGuire e Brook Pounders

Tentando fechar seu elenco de lançadores para a temporada de 2020 da MLB, o Tampa Bay Rays assinou com dois pitchers para lutar por uma vaga no bullpen

Matheus Ornellas
Colaborador do Torcedores

Crédito: Eric Hartline-USA TODAY Sports

Com os Spring Trainings recomeçando para as franquias da Major League Baseball (MLB), o Tampa Bay Rays tenta achar seus lançadores para a temporada. Na última sexta-feira (14), a equipe da Flórida assinou com dois pitchers: Deck McGuire e Brooks Pounders. Os dois jogadores tem uma grande bagagem dentro e fora da MLB, porém nunca se firmaram em nenhuma franquia.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

Deck McGuire

Em 2010, o lançador foi draftado pelo Toronto Blue Jays. Porém, em quatro anos com a franquia ele nunca conseguiu se firmar. McGuire passou por diversos times das ligas menores, até ser trocado com o Oakland Athletics em 2014. Na franquia da Califórnia, o pitcher também não teve grandes partidas. Mais uma vez ele foi designado para as ligas menores, integrando o elenco do Sacramento River Cats. Antes da temporada de 2015 da MLB ter início, ele foi dispensando dos Athletics.

Nos anos seguintes, mais passagens pelas ligas menores. Primeiro quando assinou com os Dodgers, onde teve oportunidades de ser titular e teve uma campanha de 9 vitórias e seis derrotas na Class AA Texas League pelo Tulsa Drillers. Depois, McGuire foi transferido para o St. Louis Cardinals e foi designado para Memphis Redbirds e ficou durante a temporada de 2016 da MLB.

As primeiras aparições de McGuire nas grandes ligas aconteceram em 2017. Ao assinar com o Cincinnati Reds, e ter grandes performances na Class AA Southern League, ele finalmente foi promovido para a MLB. Em seis partidas pelos Reds, sendo duas como titular, ele teve uma vitória e uma derrota, além de 11 strikeouts e um ERA de 2.63.

Ao final da temporada, ele foi chamado novamente para o Toronto Blue Jays, time que o draftou na MLB. Durante 2018, ele passou por mais duas equipes: Texas Rangers e Los Angeles Angels. Ao todo, foram 21 partidas (4 como titular), porém fechando sem vitórias e duas derrotas.

Após ser dispensado pelos Angels, ele assinou com o Samsung Lions, time de beisebol da Coreana. Em um ano na equipe, ele teve boas atuações, incluindo um no-hitter acompanhado de 13 strikeouts. Após a saída da franquia, ele retorna para a MLB com os Rays.

Brook Pounders

O jogador chega para a temporada com 30 anos. Originalmente o lançador foi uma escolha de segunda rodada pelo Pittsburgh Pirates no draft de 2009. Assim como McGuire, ele foi designado para as ligas menores, onde teve uma crescente, mas oscilando em suas partidas como titular. Duas temporadas depois, Pounders foi trocado para o Kansas City Royals, onde também foi designado para times menores para ganhar mais experiência.

Durante 2013, ele sofreu com a cirurgia de Tommy John. A lesão é conhecida como uma das piores, se não a pior, que um jogador de beisebol pode sofrer. Pounders só voltou a ter realmente oportunidades em 2015, pelas ligas menores.

Durante a temporada seguinte, ele teve sua primeira oportunidade na MLB com os Royals. Em 13 partidas, ele conquistou duas vitórias e uma derrota. O lançador teve um ERA de 9.24 em 12 innings, além de treze strikeouts. Porém, ainda em 2016, ele foi novamente mandado para as ligas menores.

Na temporada seguinte, ele assinou com o Los Angeles Angels. Mais uma vez ele teve chances na MLB, com 11 partidas e tendo uma vitória. Em 2018 ele assinou com o Colorado Rockies, onde esteve em 14 partidas e não teve grandes performances. Após mais uma passagem pelas ligas menores, e foi dispensado ao final da temporada.

Após uma breve passagem pelos Indians em 2019, onde não chegou a atuar, ele assinou com o New York Mets. Com a franquia, ele teve 7 partidas e uma vitória, além de seu melhor ERA na MLB. Após a temporada, Pounders foi dispensado e chegou a participar da seleção americana durante o mundial de beisebol.

Pitchers Tampa Bay Rays

Mesmo chegado aos playoffs da MLB e feito uma grande disputa contra o Houston Astros, os lançadores dos Rays não enchiam os olhos. Charlie Morton e Yonny Chirinos foram os únicos titulares da rotação que terminaram com mais vitórias que derrotas em 2019. Entre os relievers somente Adam Kolarek teve uma campanha positiva e, mesmo assim, uma campanha de 4-3 não se mantém nas grandes ligas.

Deck McGuire e Brooks Pounders não entram na disputa como grandes armas ou candidatos a vagas para titulares. Porém, ambos são experientes e tem condições de fazer parte da rotação dos Rays.

LEIA MAIS

MLB: Boston Red Sox renovam com o pitcher Eduardo Rodriguez