Neto pede mudança na presidência do Corinthians após eliminação para o Guaraní: “Para o Andrés está tudo bem, o trouxa sou eu”

Neto não poupou críticas a postura adotada por Andrés Sanchez após a eliminação do Corinthians na pré-Libertadores

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Band

A eliminação do Corinthians para o Guaraní-PAR na pré-Libertadores na última quarta-feira (12), em plena Arena Corinthians, em Itaquera, fez o apresentador Neto levantar alguns questionamentos sobre a atual diretoria do clube alvinegro, principalmente pela postura adotada pelo presidente Andrés Sanchez após a queda na competição sul-americana antes mesmo de entrar na fase de grupos. Durante o programa ‘Os Donos da Bola’ desta quinta-feira, o ex-jogador falou sobre o assunto.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Talvez o Velloso (ex-goleiro do Palmeiras) esteja certo, talvez tenha sido melhor sair (da Libertadores) agora para não passar mais vergonha depois. Mas para o Andrés está tudo bem, o trouxa sou eu. A verdade é que eu sou apresentador e corintiano para caramba, mas quando tem que falar do Corinthians, eu falo. Eu falo das marmitas, eu falo da Odebrecht, eu falo que não deveria ter feito estádio, não deveria ter uma dívida dessa de R$ 2 milhões, não tinha que pegar empréstimo de R$ 70 milhões com dois bancos, não tinha que vender o Pedrinho por 20 milhões (de euros) e não tinha que fazer as coisas que fizeram durante esses anos todos”, disparou Neto.

“Será que vale a pena ter um estádio como esse? Nós três jogos tinha 120 mil pessoas, deu mais de R$ 10 milhões, e cadê o dinheiro? Está no fundo? Que fundo? Só se for no fundo do poço, não é possível. (…) E que por sinal, se tem alguém que merece ser presidente, não é o Paulo Garcia, porque eles já estão fazendo a parada para o Garcia ser presidente do Corinthians, mas tem que mudar. Tem que ser o Herói Vicente o presidente do Corinthians”, acrescentou o apresentador.

Neto ainda lembrou as dificuldades que outros clubes grandes do futebol brasileiro passaram por causa de gestões ruins. “Você corintiano que vota, será que ainda não entenderam que não dá mais para votar nesses? Olha o que aconteceu com o São Paulo, com o Palmeiras do Mustafá, com o Flamengo, com o Cruzeiro… será que não dá pra perceber que o que aconteceu ontem é para ter uma mudança e colocar gente que vai fazer o Corinthians diferente, pagar as dívidas para o Corinthians não passar mais pelo que está passando? E não é só por causa desse resultado, porque eu continuo sendo corintiano até na 4ª divisão, mas olha o que o presidente do Corinthians falou. Talvez eu seja menos corintiano do que ele.”

Após a eliminação, o presidente do Corinthians falou sobre a queda precoce na Libertadores e fez questão de lembrar que o trabalho de Tiago Nunes está apenas no início. “Gente, estamos com um mês e meio de trabalho, não tem como mudar o elenco. Estamos sempre abertos para novas contratações. Mas, como eu digo, futebol brasileiro está muito caro, uma loucura. Vocês estão vendo times grandes atrasando pagamentos. Outros clubes vão atrasar. Perdemos um pouco a mão. O planejamento continua, tem o lado ruim de sair da Libertadores, mas o lado bom de que vai ter mais tempo para treinar”.

LEIA MAIS:
Tiago Nunes pede desculpa para arbitragem brasileira para criticar Pitana após eliminação do Corinthians: “Foi determinante”