Home Futebol Robertson, lateral do Liverpool, se diz envergonhado por agressão em Messi e pede desculpas: “Aquilo não sou eu”

Robertson, lateral do Liverpool, se diz envergonhado por agressão em Messi e pede desculpas: “Aquilo não sou eu”

Episódio entre Messi e Robertson ocorreu em virada do Liverpool contra o Barcelona na semifinal da Champions League 2018/19

Paulo Foles
Paulo Foles atua como redator do Torcedores.com desde 2018. Neste período, cobriu grandes eventos esportivos, incluindo a Copa do Mundo e Olimpíadas. Com passagem em "Futebol na Veia", "Esporte News Mundo", "The Playoffs" e outros, tem como foco o futebol brasileiro e internacional, além de experiências com NBA e NFL.

O Liverpool construiu uma das maiores viradas da história do futebol. Após perder no Camp Nou por 3 a 0, o time comandado por Jurgen Klopp impôs um histórico 4 a 0 no Anfield Road e se classificou para a final da Champions League, sendo campeão em cima do Tottenham de Mauricio Pochettino. No jogo de volta, Andrew Robertson protagonizou um episódio no qual ele mesmo se arrepende.

PUBLICIDADE

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

No começo da partida, o lateral do Liverpool deu um carrinho por trás para impedir um contra-ataque de Messi. No lance, ele deu um tapa na cabeça do camisa 10 do Barcelona, ato que se diz envergonhado de ter feito em entrevista ao ‘Daily Mail’.

 

PUBLICIDADE

DAZN agora custa menos de R$1,00 por dia e o primeiro mês é grátis! Assine já!

“Quando olho para trás, não costumo me arrepender de nada, porque acredito que tudo o que vivemos nos tornam no que somos. Mas olho para esse momento com Messi com arrependimento. Não gosto de o ver. Quando o vi depois, me senti amargurado”, declarou Robertson, que prosseguiu explicando sobre o clima daquele jogo decisivo para o título da Champions League:

“Todos tivemos uma certa atitude naquele dia, de que nada se colocaria no nosso caminho rumo à final, e criámos aquele atmosfera no estádio. Eu e o Fabinho andávamos atrás dele, houve uma confusão de pernas e caímos. Fazer aquilo ao melhor jogador que já existiu…”, lamenta o escocês, que continuou se mostrando arrependido:

“Arrependo-me. Aquilo não sou eu como pessoa. Não é a minha personalidade. Mas, naquela noite, muitas coisas aconteceram de que não nos lembramos verdadeiramente”.

“Não foi premeditado. Estávamos entusiasmados com o jogo. Os torcedores gritavam… Somos seres humanos. Tínhamos uma desvantagem de 0-3 na semifinal da Liga dos Campeões. Foi o estádio mais barulhento em que estive antes de um jogo”, acrescentou Robertson.

PUBLICIDADE

Na atual temporada, o Liverpool lidera com sobras na Premiereir League e está perto do título. Na Champions League, perdeu o jogo de ida das oitavas de final, contra o Atlético de Madrid, e terá que revertar no Anfield Road para continuar sonhando com o bicampeonato.

Relembre como foi Liverpool 4 x 0 Barcelona: 

LEIA MAIS:

Messi é recebido com festa em Nápoles e ouve gritos em referência a Maradona

PUBLICIDADE