Preterido dos últimos jogos no profissional, Rodrygo vale mais que o elenco inteiro do Real Madrid Castilla

Rodrygo não foi relacionado para enfrentar o Manchester City, pela Champions, e ficará fora do clássico contra o Barcelona, no final de semana, pela rodada do Campeonato Espanhol

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Real Madrid

O Real Madrid entra em campo nesta quarta-feira (26), no Santiago Bernabéu, para o primeiro jogo das oitavas de final da Champions League diante do Manchester City, comandado por Pep Guardiola. A partida, porém, marca mais uma ausência do brasileiro Rodrygo na lista de relacionados do técnico Zinedine Zidane, o que causou surpresa, principalmente após a lesão de Eden Hazard, que não terá condições de jogo.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Após um início avassalador pelo clube merengue, com direito a golaço na estreia oficial e hat-trick em jogo de Champions League, Rodrygo atuou apenas 14 minutos no time principal no mês de fevereiro, e foi na derrota por 4 a 3 para a Real Sociedade, pela Copa do Rei, no dia 6.

Contra o Manchester City, será o quarto jogo consecutivo em que o brasileiro ficará de fora, mas vale lembrar que ele já havia sido preterido por Zidane contra o Zaragoza, pela Copa do Rei, no final de janeiro, e contra o Atlético de Madrid, pela rodada do Campeonato Espanhol. A última vez que iniciou uma partida como titular foi contra o Valladolid, há um mês.

E em meio a tudo isso, Rodrygo acabou voltando a jogar com o Real Madrid B no último domingo (24), em jogo válido pela 3ª divisão do Campeonato Espanhol e que marcou também a estréia de Reinier. O brasileiro marcou um gol e foi expulso na sequência por comemorar provocando o goleiro adversário – com isso ficará suspenso da próxima rodada, tanto do time Castilla como no profissional, ou seja, não poderá ser relacionado para enfrentar o Barcelona.

O detalhe mais curioso desse momento que marca o retorno de Rodrygo ao Real Madrid B é que ele, sozinho, vale mais que o elenco inteiro do time Castilla. Segundo o Transfermarkt, especializado em mercado do futebol, o brasileiro está avaliado em 50 milhões de euros (cerca de R$ 235 milhões, na cotação atual), enquanto o elenco do Castilla é avaliado em 33,7 milhões de euros (R$ 158,3) – e muito graças a Reinier, que aparece avaliado em 25 milhões de euros (R$ 117,5 milhões).

Em entrevista coletiva na última semana, ao deixar Rodrygo fora do jogo contra o Levante, pela rodada do Campeonato Espanhol, Zidane falou sobre o momento do brasileiro. “Se você enxergar assim, o seu momento é ruim porque não tem sido relacionado, mas sabemos que o Rodrygo é um jogador importante para nós e quando temos todos disponíveis é necessário fazer uma relação. É só isso.”

“Eu gostaria de dizer que ele só tem 18 anos e já demonstrou que é muito bom, que seu lugar é aqui, mas tenho que escolher. É minha responsabilidade. É complicado”, acrescentou.

Na temporada 2019/2020 Rodrygo soma 18 jogos e sete gols no time principal do Real Madrid. No Castilla são três partidas e dois gols.

LEIA MAIS:
Raúl compara sua história a de Rodrygo no Real Madrid e garante: “O Zidane conta com ele”