Stefano Pioli critica arbitragem após empate entre Milan e Juventus: “Fomos prejudicados”

O Milan saiu em vantagem no jogo de ida da semifinal da Copa da Itália, porém sofreu o empate após um pênalti marcado com o auxílio do VAR

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/ Milan

Milan e Juventus se enfrentaram nesta quinta-feira (13), no San Siro, em partida válida pelo jogo de ida da semifinal da Copa da Itália. Em um jogo fortes emoções, o time da casa saiu na frente no placar com o gol de Rebic aos 16 minutos da segunda etapa e ficou com um jogador a menos com a expulsão de Theo Hernández aos 26. Quando o duelo se encaminhava para uma vitória rossonera, a Velha Senhora chegou ao empate com Cristiano Ronaldo, que converteu um pênalti marcado com o auxílio do VAR já nos acréscimos, decretando o empate por 1 a 1.

DAZN agora custa menos de R$1,00 por dia e o primeiro mês é grátis! Assine já!

Pioli na bronca com a arbitragem

Ao ser questionado sobre as decisões da arbitragem, o técnico Stefano Pioli não escondeu sua insatisfação: “No jogo Cagliari x Brescia houve um possível pênalti de Cerri, que tocou com o braço na bola após um chute e o foi recomendado que a penalidade não fosse marcada. Hoje a situação foi idêntica. Antes, houve uma falta clara no Ibra que não foi assinalada. Com certeza nós fomos prejudicados”, disparou o italiano após a partida.

O árbitro deve usar o mesmo critério. Se há uma falta, ela deve ser marcada independente do lado. De qualquer forma, nós continuaremos a jogar desta forma. Estou satisfeito com os rapazes e a torcida certamente também está”, finalizou Pioli em entrevista à Milan TV.

Após o empate fora de casa, a Juventus terá a vantagem de definir a vaga para final diante de sua torcida, em partida marcada para o dia 4 de março, no Allianz Stadium.

LEIA MAIS:

Cristiano Ronaldo marca nos acréscimos e Juventus empata com o Milan; veja os gols