Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Weverton elogia “futebol para a frente” de Luxemburgo e novo gramado: “Tínhamos problemas após os shows”

No domingo, Verdão passou, de virada, pelo Mirassol, em jogo que marcou inauguração oficial do campo sintético do Allianz Parque

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/SE Palmeiras

Com direito a vitória de virada, o Palmeiras estreou o gramado sintético do Allianz Parque na tarde do último domingo. Os comandados de Vanderlei Luxemburgo levaram um susto, mas se recuperaram e fizeram 3 a 1 no Mirassol. Nesta segunda-feira (17), em entrevista ao programa SportsCenter, dos canais ESPN, o goleiro Weverton destacou a qualidade do piso e relatou dificuldade com o campo antigo após eventos no estádio.

“Foi um momento muito bacana para a gente, de poder voltarmos para casa, realmente estávamos com saudade de tanto tempo já que não jogávamos no nosso estádio. O gramado é de muita qualidade, muito bom. Apesar da chuva toda, vimos que não teve problemas para jogar porque tem uma boa drenagem, isso foi importante. Feliz de ter um campo de qualidade porque a gente tinha esse problema de jogar no Allianz Parque depois de show, o campo não oferecia boas condições, e hoje não temos esse problema, do início ao fim do jogo vamos manter o campo em um mesmo padrão, na mesma velocidade, no mesmo formato. Óbvio que começou o jogo e estava um pouco mais rápido por conta da chuva, mas, com o passar do tempo, a bola rolou naturalmente. Quem gosta de praticar um bom futebol nunca vai poder reclamar do campo porque, realmente, é algo muito próximo da realidade”, comentou.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Weverton elogiou também o trabalho do atual treinador. Segundo o arqueiro, o Verdão-2020 gosta de marcar presença na área dos oponentes.

“Quem acompanha o trabalho do Luxemburgo sabe que o Palmeiras hoje joga para buscar o gol, um futebol para a frente, tentando sufocar o adversário, independentemente se joga fora ou em casa. Cria as boas oportunidades e lá na frente, às vezes, é individualmente, é característica de cada um, um vai acertar mais, outro menos, mas acho que o mais importante, que nos deixa feliz, é a criação, a gente conseguir incomodar, chegar”, analisou o jogador de 32 anos, que está confiante em uma boa temporada palestrina.

“Ontem (domingo) criamos boas chances e não conseguimos fazer gols no primeiro tempo, mas o gol vai sair, como saiu no segundo tempo. O importante é você estar criando, chegando, que uma hora a bola vai entrar. Então, esse é o Palmeiras que o Luxemburgo quer, jogando para a frente, como está acostumado, durante seus anos de história sempre foi assim o Palmeiras. Com essa volta do Luxemburgo, ele tem pedido isso: jogar para a frente, sufocando o adversário, ainda mais na nossa casa, com esse novo tipo de gramado. Esse vai ser nosso estilo de jogo e não tenho dúvida de que vai dar certo”, concluiu.

Na próxima quinta-feira (20), às 21h30 (de Brasília), o Palmeiras recebe o Guarani, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. A equipe dirigida por Luxemburgo é a vice-líder do Grupo B, dois pontos atrás do Santo André.


Veja também:

Mirassol repete Sport e marca gol primeiro em dia de inauguração no Allianz Parque, mas desta vez vitória é do Palmeiras

Organização permite acesso e torcedores do Palmeiras pisam no novo gramado do Allianz Parque