Após ‘sacanagem’, Galliote valoriza Paulistão e desconversa sobre eleição entre Nobre x Leila

Presidente do Palmeiras havia chamado o estadual de paulistinha devido a uma polêmica na final da edição de 2018

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

Como anda a relação do Palmeiras com a Federação Paulista de Futebol? Está na paz? O Verdão irá as cerimônias de premiação da entidade máxima do futebol paulista? As perguntas podem ser respondidas com um “sim” do presidente Mauricio Galliote.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Em entrevista ao Fox Sports Rádio, da Fox, nesta quarta-feira (4), o mandatário confirmou que o desentendimento com a federação foi superado e que o Verdão respeitará as decisões relacionadas ao estadual enquanto os trabalhos foram feitos de forma série e honesta como atualmente.

– Nós tivemos um problema muito sério com a Federação. Em 2018, vocês sabem o que aconteceu. Nós fizemos umas reivindicações naquele momento, uma delas foi o VAR, outra foi a reestruturação do departamento de arbitragem e a federação tomou as atitudes que a gente pediu. Nós nos sentimos muito desrespeitados. Ali houve uma sacanagem muito grande e por isso que chamamos de paulistinha. Se o Palmeiras não for respeitado, vamos voltar a chamar de novo – destacou o dirigente.

– Agora, quando há credibilidade no campeonato, quanto tem um movimento para uma situação série e evolução, nós podemos chamar de qualquer nome e o Palmeiras se aproxima por ter um trabalho sério. Assim, a Federação pode contar com o Palmeiras – completou.

PAULO NOBRE X LEILA PEREIRA NA PRESIDÊNCIA?

Em meio a gestão de Galliote no Palmeiras, já há debates sobre um possível duelo pelo posto de presidente do Verdão entre Leia Pereira, da Crefisa, e Paulo Nobre, ex-presidente do clube, no passado.

Galliote foi questionado sobre a veracidade do tema e desconversou alegando que o foco de hoje é ajudar o Palmeiras da melhor forma possível na disputa da Copa Libertadores 2020.

– Não sei. Nós temos ainda quase dois anos pela frente. Uma situação para o futuro. Hoje o nosso foco é no Palmeiras. Na Libertadores, é no jogo contra o Tigre. Situações futuras como essa a gente não pensa muito – finalizou.

LEIA MAIS:
Tigre x Palmeiras terá Mauro Naves comentarista; saiba como assistir AO VIVO na TV
Como a estreia do Flamengo na Libertadores 2020 pode ajudar o Palmeiras a faturar uma quantia milionária