Apresentador da Sky Sports, Dave Clark doará cérebro para pesquisadores encontrarem cura do Mal de Parkinson

Apresentador da Sky Sports, Dave Clark foi diagnosticado com Mal de Parkinson em 2011 e, desde então, já doou cerca de 500 mi libras para instituições

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Muitas pessoas costumam fazer doações para as mais variadas instituições. Atletas, de alguma forma, também costumam colaborar com alguma causa social transferindo dinheiro. Jornalistas, porém, não costumam exaltar seus atos de caridade. Dave Clark, famosos apresentador inglês de torneios de dados, porém, fez diferente. Sua inusitada e grandiosa contribuição pode colaborar muito para o Mal de Parkinson.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em 2011, Dave Clark foi diagnosticado com Mal de Parkinson. Desde então, passou a colaborar com o NHS, instituição britânica que cuida de uma série de males à saúde. Seus planos mais recentes, por sinal, são audaciosos. Um deles foi revelado nesta segunda-feira (16). O profissional da Sky Sports anunciou que doará seu cérebro para cientistas estudarem os efeitos, a prevenção e a cura da enfermidade.

E não para por aí. Dave Clark anunciou que escalará o Monte Everest para chamar atenção para o Mal de Parkinson. Ele também percorrerá a Muralha de Adriano pelo mesmo motivo.

Desde quando foi diagnosticado, Dave Clark já doou cerca de 500 mil libras (pouco mais de R$ 6 milhões) para instituições de caridade. Além dos dardos (onde apresenta o PDC World Darts Championship, um dos mundiais da modalidade; e a Premier League, o campeonato inglês), ele já participou de coberturas de sinuca e boxe.

Leitor torcedor cuida da saúde pagando pouco!

LEIA MAIS
Ceará promove campanha de vacinação em ginásio do clube; saiba mais detalhes
Após marcar dois gols em Bahia x Paraná, Vinicius exalta torcida: “Maior do Nordeste”
Ceará x Vitória: Juninho Quixadá só perdeu um jogo como titular no Vôzão
Após mais de 30 anos, Bahia termina ano invicto em BaVi