Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Elenco “enxuto” aumenta nervosismo e apreensão no vestiário do Barcelona

Elenco do Barcelona preocupa departamento médico, pelo número de lesões

Gabriella Brizotti Cesar
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Reprodução/Instagram

O ano de 2020 não começou fácil para a equipe do Barcelona. O time comandado por Quique Setién, além de sofrer derrotas consideráveis, também vem contando com um elenco ‘enxuto’.

Da equipe principal, somente 16 jogadores estão disponíveis para entrar em campo, por isso, qualquer baixa no elenco é considerado um desastre. A situação piora, caso os jogadores se afastem de suas funções por problemas causados fora do horário de trabalho. O brasileiro Arthur Melo, foi um dos que desfalcou a equipe por lesões extra-campo.

Após uma vitória contra o Atlético de Madrid, em dezembro passado, o atleta decidiu comemorar em uma estação de ski, em Andorra. Entretanto, esta atividade é totalmente proibida para um jogador de futebol. Não deu outra, o meia acabou sendo afastado da rotina de treinamentos por conta de uma pubalgia. Os médicos não afirmaram que a lesão foi causada pela prática, mas afirmam que ela contribuiu. O jogador é um velho conhecido da direção do clube, afinal, não é a primeira vez que se desfalca o clube por problemas extra-campo.

Outro atleta que também alertou os médicos do Barça, foi  Junior Firpo. O zagueiro se apresentou aos treinos com a mão esquerda inflamada. Ao ser questionado, o atleta afirmou que a lesão aconteceu por conta de uma partida de Kart, disputada entre amigos. O zagueiro era a única opção para jogo, visto que Jordi Alba estava lesionado. O jogador entrou em campo, entretanto com uma faixa protegendo a mão lesionada.

Com certeza uma grande dor de cabeça para a equipe catalã.

LEIA MAIS

Tottenham anuncia saída de Wanyama; volante vai jogar na MLS

Site revela imagens de nova chuteira da Adidas; veja detalhes