Ônibus com torcedores do Santos sofre ataque na Argentina após jogo da Libertadores

Veículo foi apedrejado na saída do estádio Norberto Tomaghello e os responsáveis não foram identificados

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Estádio Norberto Tomaghello/ Divulgação

O Santos fez sua estreia na fase de grupos da Copa Libertadores da América com vitória por 2 x 1 sobre o Defensa y Justicia, da Argentina, em jogo realizado na noite de terça (3) no estádio Norberto “Tito” Tomaghello, em Buenos Aires.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

O confronto, porém, foi marcado também por episódios lamentáveis. Além de um torcedor do clube argentino ter sido flagrado em vídeo fazendo gestos racistas contra torcedores santistas presentes ao estádio, um ônibus da torcida do Santos foi atacado depois da partida.

O veículo sofreu ataque com rojões e pedras nos arredores do estádio, ainda dentro do bairro de Florêncio Varela, localizado na região da Grande Buenos Aires, e o vidro na lateral dianteira foi atingido. Felizmente, não houve feridos.

Segundo reportagem do site “Lance!”, o ônibus com torcedores santistas seria escoltado por agentes policiais até aproximadamente 30 quilômetros distante do estádio Norberto Tomaghello, mas o ataque ocorreu assim que o motorista acionou o motor do veículo.

Os policiais então ordenaram que todas as janelas fossem fechadas e o ônibus prosseguiu com o transporte após cerca de dez minutos, com acompanhamento. Os responsáveis pelo apedrejamento, contudo, não foram identificados.

“Eu estava no último lugar do ônibus tentando descansar e ouvi um barulho de vidro quebrando, mas não consegui identificar o que era. No começo, pensei que uma garrafa de cerveja (…) Aí o ônibus inteiro, quase que instantaneamente abaixou. Na hora, a sensação foi de tentar se proteger, mas ver o que podia estar a acontecendo. Todos ficamos bastante assustados, até apagaram as luzes do ônibus”, relatou ao site um dos torcedores que estavam no interior do veículo no momento do incidente.

Santos e Defensa y Justicia voltam a se encontrar no dia 5 de maio, no estádio da Vila Belmiro, em duelo válido pela sexta e última rodada do Grupo G da Copa Libertadores da América.

LEIA MAIS

Defensa y Justicia se manifesta sobre caso de racismo e promete identificar infrator

Santos estreia na Libertadores com vitória fora de casa sobre o Defensa y Justicia

Diego Pituca exalta “garra” em vitória na estreia da Libertadores: “Fizemos um segundo tempo com cara de Santos”