Rodrigo Caio, do Flamengo, revela os dois jogadores mais difíceis de marcar

Rodrigo Caio enfrentou dois atacantes que teve maior dificuldade de marcar

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/FlaTV

A função do zagueiro Rodrigo Caio, do Flamengo, é de marcar os atacantes e impedir que eles consigam balançar as redes rubro-negras. Mas alguns jogadores dão mais trabalho para os defensores.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista à FlaTV, o zagueiro revelou quais foram os dois atacantes mais difíceis de marcar que ele encontrou na carreira. Rodrigo Caio elegeu Neymar, do PSG, e Guerrero, do Internacional.

“Um foi o Neymar, sem dúvidas muito difícil de marcar. E o outro foi o Guerrero. Lembro que quando ele estava no Corinthians, era um cara que estava no auge, foi difícil de marcar”, disse Rodrigo Caio se referindo aos jogos da época em ele ainda atuava com a camisa do São Paulo.

O zagueiro ainda destacou o seu crescimento com a chegada de Jorge Jesus ao Flamengo.

“Foi muito importante a chegada dele. Tive um crescimento tático muito grande, aprendi muito e vi o quanto faz a diferença. Por ter tido a formação inteira no Brasil, acabamos tendo uma forma de jogar. E sempre que eu pagasse um treinador que me ensinasse algo para crescer como jogador eu procurei tirar o máximo de aprendizado. O Mister é um cara que acrescenta muito para todos nós”, completou.

Rodrigo Caio e todos os jogadores do Flamengo estão treinando em suas casas. O clube suspendeu as atividades devido à pandemia do novo coronavírus.

LEIA MAIS: