Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Tardelli lembra causos e explica relação de amor e ódio com Cuca

Camisa 9 do Atlético chegou a ser afastado por Cuca quando trabalharam no São Paulo

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

O atacante Diego Tardelli não tem dúvidas em apontar Cuca como o melhor técnico com quem já trabalhou. Na tarde desta quinta-feira, em uma live apresentada pela TV Galo, o camisa 9 do Atlético aproveitou também para relatar sua relação de amor e ódio com ex-comandante alvinegro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“O Cuca foi o melhor. Apesar que eu e ele temos uma relação meio que pai e filho e amor e ódio, mas ele foi o treinador mais especial. O Leão também foi muito especial, pois foi ele quem me trouxe para o Atlético. O Autuori também, trabalhei com vários bons, então é difícil falar só de um”, disse Tardelli.

“Na época do São Paulo (no início da carreira), o Cuca foi o primeiro técnico que me afastou, em 2004. Eu tinha 18, 19 anos, então peguei aquela birra dele, depois, ele veio para o Galo e pediu a minha contratação, em 2013. Depois ele foi para a China e, na China, a gente acabou brigando, discutindo no dia a dia e ficamos 1 mês sem nos falarmos. Aí ele foi para o Palmeiras e pediu minha contratação para o Palmeiras. Então não dá para entender esse lado dele (risos)”, declarou o camisa 9.

Você pode ganhar uma camisa comemorativa exclusiva! Abra a sua conta meu BMG Galo!

Nova punição do professor

Ainda no São Paulo, Tardelli não atendeu a uma ordem de Cuca, que era para dormir na concentração, e foi acompanhar o show do cantor Fábio Júnior.

“Eu tinha comprado ingresso para ir em um show do Fábio Júnior e era uma sexta-feira. Nesse dia eu tinha chegado no treino atrasado uns 15 minutos, aí o Cuca me chamou e disse que eu ia ter que concentrar na sexta sozinho, e que era pra eu chegar 22h. Aí eu pensei: ‘É o show do Fábio Júnior, não vou perder por nada’. Fui para o show, ele me ligou, eu disse que estava no show e iria para a concentração no dia seguinte. Cheguei no dia seguinte e ele me afastou por um mês (risos), relembra.

Diferentemente na capital paulista, Cuca e Tardelli formaram uma dupla de muito sucesso em Belo Horizonte. A parceria foi coroada com o título mais importante da história do Galo: a Libertadores da América de 2013.

LEIA MAIS: