Zion Williamson arcará com salários de funcionários do ginásio dos Pelicans

Ala-pivô irá ajudar os profissionais que fazem a manutenção do Smoothie King Center, e que não vão trabalhar por conta do coronavírus

Jonatas Pacheco
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Layne Murdoch Jr./New Orleans Pelicans

A NBA decidiu suspender todas as partidas até meados de abril, por conta da pandemia do coronavírus em todo o mundo. Por conta disso, as equipes também cancelaram as atividades, fazendo com que diversos funcionários fiquem sem trabalhar durante esse período.

Nesta sexta-feira (13 de março), Zion Williamson, ala-pivô do New Orleans Pelicans, anunciou que irá arcar com os salários dos funcionários que cuidam da manutenção do Smoothie King Center, arena da equipe.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em uma publicação na rede social, o calouro aproveitou para agradecer todo o apoio que o povo de New Orleans e os funcionários da franquia têm dado a ele.

“As pessoas de New Orleans têm sido incrivelmente acolhedoras e solidárias comigo desde que eu fui draftado pelos Pelicans, em junho do ano passado. E algumas das pessoas mais especiais que eu conheci são aquelas que trabalham no Smoothie King Center. São elas que tornam nossos jogos possíveis, criando o ambiente perfeito para nossos fãs e todos envolvidos na organização. Infelizmente, muitas dessas pessoas ainda estão se recuperando dos desafios de longo prazo causados pelo furacão Katrina e agora enfrentam o impacto econômico do adiamento dos jogos por causa do coronavírus”, diz um trecho da publicação.

“Minha mãe sempre me deu o exemplo sobre ser respeitoso com os outros e ser grato pelo o que temos, e hoje prometo cobrir os salários de todos os trabalhadores do Smoothie King Center nos próximos 30 dias. Esta é uma pequena maneira de expressar meu apoio e apreço por essas pessoas maravilhosas que foram tão boas para mim e meus colegas de equipe. Espero que todos possamos nos unir para aliviar um pouco do estresse e das dificuldades causadas por essa crise nacional de saúde. Esta é uma cidade incrivelmente resiliente, cheia de algumas das pessoas mais resilientes, mas, às vezes, fornecer um pouco de assistência extra pode facilitar as coisas para a comunidade”, concluiu Zion.

Ver essa foto no Instagram

The people of New Orleans have been incredibly welcoming and supportive since I was Drafted by the Pels last June, and some of the most special people I have met are those who work at smoothie King Center. These are the folks who make our games possible, creating the perfect environment for our fans and everyone involved in the organization. Unfortunately, many of them are still recovering from long term challenges created by Katrina, and now face the economic impact of the postponement of games because of the virus. My mother has always set an example for me about being respectful for others and being grateful for what we have, and so today I am pledging to cover the salaries for all of those Smoothie King Center workers for the next 30 days. This is a small way for me to express my support and appreciation for these wonderful people who have been so great to me and my teammates and hopefully we can all join together to relieve some of the stress and hardship caused by this national health crisis. This is an incredibly resilient city full of some of the most resilient people, but sometimes providing a little extra assistance can make things a little easier for the community.

Uma publicação compartilhada por Zion Williamson (@zionwilliamson) em

Aos 19 anos de idade, Zion Williamson é uma das principais promessas do basquete mundial. A passagem pela Universidade de Duke rendeu a primeira escolha no draft de 2019 da NBA. O ala-pivô sofreu uma lesão de menisco durante a pré-temporada e só estreou com a camisa dos Pelicans em 22 de janeiro deste ano. Em 19 partidas, tem em média 23.6 pontos, 6.8 rebotes e 2.2 assistências por partida.

A decisão de suspender as atividades nos Estados Unidos não é exclusividade da NBA. A Major League Soccer (MLS) e a National Hockey League (NHL) também adiaram todas as partidas.

LEIA MAIS

NBA não vai punir Rudy Gobert por imprudência em prevenção do coronavírus

Comissário diz que temporada da NBA pode ser retomada e finais disputadas em julho

Kevin Love, ala-pivô dos Cavs, doa R$480 mil a funcionários do clube