Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Enderson Moreira promete time ofensivo e ressalta ‘obrigação’ de acesso do Cruzeiro na Série B

Substituto de Adilson Batista, treinador quer ver a Raposa “controlando os jogos” durante a campanha na Segunda Divisão nacional

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Reprodução/YouTube/Cruzeiro Esporte Clube

Ainda não é possível afirmar quando vai ser a estreia de Enderson Moreira no Cruzeiro. Recém-apresentado, o treinador que substitui o demitido Adilson Batista aguarda o retorno das atividades no esporte. No momento, o mundo convive com a pandemia do novo coronavírus. Assim que a bola voltar a rolar, a Raposa vai em busca dos bons resultados no Campeonato Mineiro e na Copa do Brasil, porém é o retorno à elite nacional a principal missão do comandante, como destacou o próprio em entrevista à Rádio Itatiaia.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“É uma grande responsabilidade. Sabemos que o Cruzeiro tem obrigação de retornar à Série A, mas, acima de tudo, precisamos resgatar a essência de jogo do Cruzeiro. Que o torcedor entenda que estamos caminhando num processo de retomada do jogo de qualidade: equipe técnica, competitiva, mas que sabe fazer do aspecto técnico uma arma e uma força”, ponderou.

“Nós precisamos competir sempre em bom nível. Vamos pegar times fechados. Se jogar por uma bola, criaríamos um sofrimento muito maior. O Cruzeiro tem que ter autoridade para buscar os resultados”, ressaltou Enderson.

Para ter sucesso na Segunda Divisão do Brasileiro, a Raposa necessitará driblar os obstáculos. O novo treinador sabe que derrotar um dos clubes mais vitoriosos do País será um dos “cardápios” preferidos dos adversários durante as 38 rodadas.

“Qualquer equipe da Série B pode vencer o Cruzeiro. As equipes são parecidas. Precisamos fazer um jogo em que a gente sempre busque controlar a partida, jogando para vencer dentro e fora de casa. Que não fique esperando uma bola, uma situação de jogo. Que (o Cruzeiro) possa mostrar sua força na competição”, avaliou.

Os cruzeirenses ocupam a quinta colocação no Mineiro, um posto abaixo da zona de classificação para as semifinais. Na Copa do Brasil, perderam, em casa, para o CRB, por 2 a 0, a primeira das duas partidas válidas pela terceira fase.

Leia também: