Jogadores de rugby são presos em Fiji por quebrarem quarentena

Ação dos jogadores foi motivo de pesadas críticas por parte do Primeiro Ministro de Fiji

Vinícius Rodrigues Alves
Advogado por formação, roqueiro de criação e escritor por opção!

Crédito: Reprodução/Harlequins Rugby Union

Dois jogadores da seleção de rugby de Fiji foram presos após as autoridades constarem que os atletas violaram as regras estabelecidas para o período de quarentena imposta devido à pandemia do coronavírus.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A atitude por parte dos jogadores causou muita irritação por parte do Primeiro Ministro do país, Frank Bainimarama.

“[Eles colocaram] todo o território de Fiji em risco”, afirmou o Primeiro Ministro no último domingo (5).

Um dos infratores é o astro do Harlequins, Semi Kunatani, de 29 anos. A identidade do outro jogador ainda não foi divulgada.

Eles são acusados de violar as regras de quarentena imposta no país, que determinava o isolamento durante o período de 14 dias antes de ingressar no país vindo do exterior.

Frank Bainimarama ainda comentou que Kunatani e o outro jogador ainda tentaram fugir dos policiais após serem abordados.

“Infelizmente, para ele, não conseguiu passar por nossa força policial de Fiji. Ele foi preso e está isolado no Hospital Nadi”, disse o Primeiro Ministro.

A conduta dos dois jogadores de rugby também foi duramente criticada pelo executivo-chefe da Federação de Rugby de Fiji, John O’Connor , que prometeu tomar medidas disciplinares contra os atletas após suas prisões.

De acordo com a FYI, Fiji é um dos países que sofre o menor impacto da pandemia do coronvírus, sendo apenas 14 casos confirmados em todo o país.

LEIA MAIS

Coronavírus no esporte: siga AO VIVO as últimas atualizações

Com cláusula especial, Alex Morgan assina novo contrato com a Nike