Maicon relembra consequências de comemoração polêmica contra Corinthians mas não se arrepende: “Faria de novo”

O ex-zagueiro do São Paulo Maicon, deu entrevista ao Fox Sports Rádio nesta segunda(6), e relembrou polêmica contra o arqui-rival Corinthians

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Youtube

A competição era o Campeonato Paulista de 2017, e o jogo era São Paulo x Corinthians no Morumbi. Um clássico pegado como sempre, até que o zagueiro Maicon abriu o placar para o Tricolor. O ‘problema’ começou aí. Na comemoração do gol, Maicon ‘teria’ imitado uma galinha em provocação ao Corinthians. E os desdobramentos do lance foram longos.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista exclusiva ao programa Fox Sports Rádio desta segunda(6), Maicon relembrou da polêmica, e ressaltou que não quis ofender ninguém na comemoração. Até por isso, faria novamente.

“Foi uma coisa de momento, não foi nada combinado. Senti vontade, não foi uma provocação porque eu tenho o máximo respeito por todos os clubes do Brasil. Aquela comemoração não foi um desrespeito a ninguém, foi como eu quis comemorar no dia do jogo, na hora, no momento, no calor do jogo. Se eu pudesse fazer de novo, naquele dia, naquele momento, eu faria de novo, mas sempre deixando bem claro o respeito que tenho por qualquer clube. Não fiz aquele gesto por desrespeito a ninguém, jamais faria isso.” 

O zagueiro continuou dizendo que a comemoração acabou custando caro, pois ele e sua família foram ameaçados por torcedores do Corinthians.

“Custou caro. Era mensagem ameaçando a minha mãe, o meu pai, me ameaçando, ameaçando todo mundo. Claro que algumas mensagens foram mais pesadas, mas em momento algum eu perdi a calma, fiquei com medo. Não sou um bicho para ter medo de ninguém, não fiz nada de errado, para prejudicar ninguém. Lógico que respondi algumas mensagens porque também sou ser humano, não vou ficar calado sempre. Foi uma comemoração de momento, não foi pensada. Eu quis fazer, deu vontade de fazer, e se desse vontade de fazer outras vezes, eu faria, não tem importância nenhuma. Algumas mensagens me deixaram muito chateados, triste com a maldade do ser humano.”

Após o gol de Maicon, Jô ainda empataria aquela partida, e o ‘Majestoso’ terminaria 1×1.

Relembre os gols da partida, incluindo a comemoração polêmica de Maicon:

LEIA MAIS
“O são-paulino gosta do Pato porque ele não gosta do Corinthians”, diz comentarista