Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

16 jogadores que sofreram com problemas extra-campo em suas carreiras

Nesta semana, Cazares foi criticado por sua vida extra-campo por Levir Culpi e Chiellini apontou fraqueza em Vidal no álcool

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: MADRID, SPAIN - APRIL 16: Cicinho of Real Madrid reacts during the Primera Liga match between Getafe and Real Madrid at the Coliseum stadium on April 16, 2006 in Madrid, Spain (Photo by Denis Doyle/Getty Images)

A vida de futebol é cercada de glamour e dinheiro, e alguns jogadores acabam se perdendo nesse mundo de luxo em algum momento de sua carreira. Alguns conseguem se recuperar, outros não. Diante disso, separamos 16 nomes que poderia ter tido uma carreira melhor dentro de campo se não fossem os problemas extra-campo.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

1 – Jobson

O atacante teve seu auge no Botafogo em 2009, mas após disso acabou caindo em inúmeras desgraças extra-campo. Foi doping por uso de cocaína, prisões (2016 e 2017), a primeira por acusação de estupro, a segunda por um acidente de trânsito.

2 – Maradona

O argentino teve uma carreira brilhante, mas ela poderia ter sido mais longa se não fosse o seu vício em drogas.

3 – Adriano

Outro jogador que se perdeu pelo caminho, o Imperador mandava na Internazionale-ITA, mas a saudade de sua terra natal e de sua comunidade abalaram a vida do ex-atacante.

4 – Cicinho

O ex-lateral viveu seu auge da carreira em 2005, sendo campeão Mundial pelo São Paulo e convocado para a Seleção Brasileira. Chegou voando na Copa de 2006, mas foi reserva de Cafu. Tinha tudo para ser titular na Copa de 2010, mas se perdeu no alcoolismo.

5 – Bruno

Esse caso vai além do extra-campo, o ex-goleiro Bruno era um dos melhores do país, defendia o Flamengo, mas colocou tudo a perder em um assassinato.

6- Piá

O ex-volante da Ponte Preta era uma jovem revelação do futebol brasileiro, chegou ao Corinthians, mas seu vício na bebida acabou atrapalhando seu rendimento na carreira.

7 – Cazares

Um dos criticados da semana pelo técnico Levir Culpi. Cazares é famoso por sua vida noturna em Belo Horizonte e até hoje não mostrou para o que veio no Atlético-MG.

8 – Arturo Vidal

O jogador chileno é mais um que sofre com o alcoolismo conforme revelado nessa semana por Chiellini em sua biografia. O zagueiro afirmou que Vidal é um ótimo jogador, mas a dependência era seu ponto ‘fraco limita’.

Arturo Vidal em ação pelo Barcelona

9 – Balotelli

O italiano tem inúmeros problemas extra-campo e o seu jeito marrento o prejudica ainda mais.

10 – Garrincha

Craque da Seleção Brasileira e do Botafogo teve uma carreira vitoriosa, mas ela poderia ser melhor se não fosse o excesso com a bebida. O jogador faleceu aos 49 anos devido ao álcool.

11 – Sócrates

O Doutor é outro que nunca escondeu seu vício pela bebida e o próprio ex-jogador reconheceu que os problemas no fígado começaram por causa do consumo exagerado de álcool.

12 – Breno

Após sucesso no São Paulo, o zagueiro foi vendido a peso de ouro para o Bayern de Munique e na Alemanha teve problema onde acabou preso após colocar fogo em sua própria casa.

13 – Casagrande

Outro jogador que foi brilhante em sua carreira, mas que poderia ter tido um desempenho muito melhor se não fosse as drogas. Casagrande nunca escondeu seu vício e sua luta constante.

14 – Walter

Aqui o problema vai além de drogas, bebidas e vida noturna. Walter sofre com a vida extra-campo relacionada a comida, sofre para se manter dentro do peso. O atacante foi recentemente contratado pelo Athletico Paranaense.

Walter está perto de voltar ao futebol.

15 – Dinei

Foi pego no antidoping por utilização de cocaína em 1996, quando defendia o Coritiba, porém, o ex-atacante deu a volta por cima no futebol, e teve uma segunda passagem de sucesso pelo Corinthians e conquistou os títulos brasileiros de 1998 e 1999, onde ficou marcado, mas sua carreira poderia ter sido muito melhor sem os problemas com a droga.

16 – Adrian Mutu

Pouco tempo depois de chegar no Chelsea, o romeno Adriano Mutu foi flagrado no exame antidoping pelo uso de cocaína e assim perdeu uma das maiores oportunidades de sua vida na Premier League.

LEIA MAIS