Onde jogam as atletas da seleção feminina que já foram convocadas por Pia Sundhage?

Na última convocação de Pia Sundhage tinham dez atletas que atuavam em times do Brasil. Você arrisca quais?

Raffa Carolina
Colaborador do Torcedores

Crédito: Martin Rose/Getty Images)

Desde a chegada da técnica Pia Sundhage na Seleção Brasileira, já foram chamadas 46 atletas em cinco convocações. Dessas, 42 já chegaram a entrar em campo. Na última lista, de 18 de fevereiro, para o Torneio da França, 10 dos 23 nomes atuavam em terras brasileiras. Mas, assim como ocorre com a seleção masculina, a maioria atua no futebol europeu e uma grande parte no futebol chinês.

Você conhece o canal do Torcedores no YoutubeClique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no 
Instagram

Três atletas do Corinthians vem sendo frequentemente chamadas e duas delas têm vaga na defesa titular da amarelinha. Times como Palmeiras e Santos voltaram a aparecer na lista.

Goleiras:

As goleiras que mais aparecem na lista de Pia são: Aline Reis, Barbara e Letícia Izidoro. Mas outros nomes como Natascha foram convocadas e não decepcionaram. Inclusive contra a Holanda foi o grande destaque da seleção canarinho:

Aline Reis – UDG Tenerife (ESP)

Barbara – Avaí Kindermann(BRA)

Carla – São Paulo (BRA)

Gabrielli – Flamengo/Marinha(BRA)

Luciana – Ferroviária (BRA)

Natascha – Paris FC (FRA)

Defensoras:

As defensoras que mais aparecem na seleção são: Erika, Tamires, Tayla, Poliana e Monica e dessas, Erika, Tamires e Poliana atuam pela mesma equipe, o Corinthians, enquanto Tayla retornou nesta temporada ao futebol brasileiro e Mônica já teve uma passagem pela equipe do Parque São Jorge até o ano passado.

Antônia – Madrid CFF (ESP)

Bruna Benites – Internacional (BRA)

Bruna Calderan – Avaí/Kindermann (BRA)

Erika – Corinthians (BRA)

Daiane – CD Tacón (ESP)*

Fabi Simões – Internacional (BRA)

Fernanda Palermo – Santos (BRA)

Giovanna – Santos (BRA)

Isabella – Palmeiras (BRA)

Joyce – UDG Tenerife (ESP)

Jucinara – Levante (ESP)

Kathellen – Bourdoux (FRA)

Letícia Santos – Frankfurt (ALE)

Mônica – Madrid CFF (ESP)

Poliana – Corinthians (BRA)

Rafaelle – Changchui Yatai (CHN)

Tamires – Corinthians (BRA)

Tayla – Santos (BRA)

* A partir de 20 de julho de 2020, conforme acordo entre as duas equipes, o CD Tacón (Club Deportivo Tacón) se tornará a equipe feminina do Real Madrid.

Meio-campistas:

Essa é uma das posições da seleção brasileira que temos menos nomes chamados. Foram oito atletas nestas cinco convocações, com destaque para Formiga, com seus 42 anos e com frequência no time titular.

Aline Milene – Ferroviária (BRA)

Andressinha – Corinthians (BRA)

Formiga – PSG (FRA)

Gabi Zanotti – Corinthians (BRA)

Luana – PSG (FRA)

Maria – Juventus (ITA) – foi a primeira jogadora a ir para o clube italiano, se tornando a transação mais cara do futebol feminino brasileiro.

Thaisa – CD Tacón (ESP)

Vitória Yaya – São Paulo (SP)

Atacantes:

O destaque vai para Debinha e Marta, que atuam no futebol norte-americano, além de Cristiane e Bia Zaneratto, que atuam em clubes brasileiros.

Andressa Alves – Roma (ITA) – foi a primeira jogadora brasileira a ir para o time italiano

Bia Zaneratto – Atua pelo Palmeiras (BRA), por empréstimo. Foi comprada pelo Wuhan Xiniyjuan (CHN)
Chú – Ferroviária (BRA)

Cristiane – Santos (BRA)

Debinha – North Carolina Courage (EUA)

Duda – São Paulo (BRA)

Geyse – Madrid CFF (ESP)

Ludmila – Atlético de Madrid (ESP)

Marta – Orlando Pride (EUA)

Millene – Emprestada ao Corinthians (BRA) pelo Wuhan Xinjiyuan (CHN)

Raquel – Sporting (POR)

Thaisinha – Santos (BRA)

Victória Albuquerque – Corinthians (BRA)

LEIA MAIS SOBRE SELEÇÃO BRASILEIRA

Brasil volta ao top 10 do ranking de futebol feminino da FIFA