Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

De Mazzola a Casemiro: 10 brasileiros que marcaram em finais de Champions League

O Torcedores.com lista os 10 jogadores brasileiros que já tiveram o privilégio de deixar sua marca em uma final de Champions League

Diego Lucio Castro de Oliveira
Torcedor do Corinthians, e amante de MMA e Pro-Wrestling. Profissional de TI e futuro jornalista

Crédito: Reprodução/Real Madrid

A Champions League é para muitos, a maior competição de clubes do mundo. E não é pra menos. Os melhores jogadores do mundo estão na Europa, e vencer a ‘orelhuda’ é memorável para qualquer atleta. Fazer um gol na decisão então, é entrara num hall de lendas eternas.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Pensando nisso, e aproveitando o aniversário de Marcelo (Um desses heróis em Champions League), o Torcedores.com resolveu listar os 10 gols brasileiros que marcaram em decisões do maior título europeu.

10 brasileiros que marcaram em finais de Champions League:

Mazzola – 1962/63

O atacante que disputou a Copa do Mundo de 1958, se naturalizaria italiano em pouco tempo. Muito pelo sucesso que teve no Milan, e os gols na final da Champions League de 1962/63 foram prova disso. Mazzola marcou os dois na vitória por 2×1 em cima do Benfica.

Jair da Costa – 1964/65

Outro que foi campeão do mundo com o Brasil e marcou em final de Champions, foi Jair da Costa. Campeão em 1962 com a amarelinha, ele foi o herói da Inter de Milão na temporada 1964/65, quando marcou o único gol da grande decisão. Assim como Mazzola, sua vítima também foi o Benfica na vitória por 1×0.

Juary – 1986/87

Porto e Bayern de Munique empatavam por 1×1 na final da Champions League de 1986/87, e tudo dava a crer que a disputa iria para os pênaltis. Mas o brasileiro Juary, que havia entrado durante a partida, foi o herói improvável daquela decisão, marcando o segundo gol do Porto.

Lúcio – 2001/02

O zagueiro campeão do mundo com o Brasil em 2002, é o único dessa lista que marcou seu golzinho mas não saiu com a taça. O adversário também era só o Real Madrid de Zinedine Zidane. Vitória de 2×1 contra o Bayer Leverkusen de Lúcio.

Carlos Alberto – 2003/04

Ainda jovem, o meia Carlos Alberto chocou ao mundo, quando abriu o placar daquela decisão improvável entre Porto e Mônaco. O atleta tinha apenas 19 anos na ocasião.

Deco – 2003/04

Naquela mesma decisão, o luso-brasileiro Deco ampliaria o placar para o Porto, que ainda conseguiria o terceiro gol, finalizando o placar de 3×0, e levando a taça da Champions League.

Belletti – 2005/06

Mais um herói improvável dessa lista é o lateral-direito Beletti. O super Barcelona de Ronaldinho estava empatando por 1×1 contra o forte Arsenal, quando Belleti entrou na área e bateu embaixo do goleiro. 2×1 para o Barça e a Champions League ficaria na Espanha.

Marcelo – 2013/14

Aniversariante do dia, Marcelo só jogou mais uma ‘pá de terra’ no destruído Atlético de Madrid, na final de 2013/14. Após empate de 1×1 no tempo normal, o Real Madrid dominou a prorrogação, e fez três gols no cansado Atlético. O segundo gol da prorrogação, terceiro do Real, foi marcado pelo lateral brasileiro.

Neymar – 2014/15

Já Neymar, teve protagonismo imenso naquela conquista de Champions League do Barcelona. Junto com Messi e Suárez, formou um trio imparável naquela temporada. O excelente ano foi coroado com o terceiro e último gol do Barça, na vitória por 3×1 contra a Juventus.

Casemiro – 2016/17

Fechamos a lista com mais um nome do Real Madrid. E a Juventus mais uma vez foi a vítima. O time italiano chegou a abrir o placar, mas o Real logo empatou, e virou com golaço de Casemiro. O placar terminaria 4×1 para o time espanhol.

LEIA MAIS
Renato Gaúcho, Iniesta e mais: 10 gols decisivos marcados na prorrogação