Como estão os jogadores que foram contratados pelo Barcelona para substituir Neymar

Clube espanhol tenta buscar o atacante do PSG novamente por todos os jogadores que tentaram substituir Neymar não ter tanto sucesso na Catalunha

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Divulgação/Barcelona

Em meio a pandemia, o assunto no Barcelona segue o mesmo das últimas janelas de transferências: Neymar. O clube catalão, a pedido de Messi e estrelas do elenco, tenta o retorno do atacante brasileiro após fracassar com contratações milionárias que buscaram substituir o craque.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Vencedor da Liga dos Campeões em 2014/15, Neymar acabou fazendo falta ao clube nas temporadas seguintes. Apesar de ganhar muito dinheiro com a transferência que entrou na história do futebol por ser a que envolve o maior, o time espanhol acabou gastando mais para tentar achar um substituto à altura, que acabou decepcionando os torcedores.

Ousmané Dembélé

Aniversariante nesta sexta-feira (15), o atacante francês foi o primeiro alvo do Barcelona após a saída do brasileiro. Na época, o clube gastou 125 dos 222 milhões de euros recebidos pela venda de Neymar e chegou como uma decisão acertada pela idade e pelo desempenho anterior na Alemanha. Ainda no elenco do Camp Nou, o Dembélé sofreu com contusões e deixou de ser a grande promessa da equipe apesar da pouca idade e o título de Copa do Mundo na carreira.

Philippe Coutinho

Seis meses depois, o Barcelona conseguiu tirar o brasileiro Philippe Coutinho do Liverpool. Como estava brilhando na equipe inglesa e um dos nomes mais fortes do início de Tite na seleção brasileira, o meia acabou fazendo uma boa primeira temporada, mas é tratado como negociável atualmente e está emprestado ao Bayern de Munique, na Alemanha.

Malcom

Outro brasileiro que ganhou uma chance no Barcelona posição de Neymar foi o corinthiano Malcom. Ele passou apenas uma temporada na equipe catalão e chegou a balançar as redes no clássico contra o Real Madrid. Porém, atualmente, o atacante está no Zenit, do futebol russo.

Antoine Griezmann

Na atual temporada, o nome escolhido para dividir as funções de comandar o Barcelona com Messi e Suáres foi o francês Antoine Griezmann. Campeão do mundo em 2018, o jogador saiu do rival Atlético de Madrid para ser o camisa 7, mas não se encaixou no ataque de Ernesto Valverde e agora Quique Setién. Possivelmente será negociado na próxima janela, podendo ser envolvido na própria negociação com Neymar.

LEIA MAIS:

Onde estão os jogadores da geração que brilhou no Santos com Neymar?