Onde estão os jogadores da geração que brilhou no Santos com Neymar?

O atacante foi o que mais deu certo e hoje joga no Paris Saint-Germain. Outros dois nomes que eram do Santos em 2011 são presenças constantes na seleção brasileira

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Reprodução/Santos

Nesta quarta-feira (13), o meia Alan Patrick comemora o seu aniversário. Atualmente como jogador do Shakhtar Donestk, o jogador se destacou no Santos entre 2010 e 2011, quando participou da famosa geração de Neymar na equipe da Baixada Santista.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Biampeões do Paulistão e vencedores de uma Copa do Brasil e uma Libertadores, o time de jovens garotos levavam o lema “ousadia e alegria” nos gols e danças. Grandes promessas do futebol nacional, quase todos que se destacaram ali ganharam uma chance na seleção brasileira.

Alan Patrick, por exemplo, foi vendido logo após a conquista da América e chegou na Ucrânia para jogar no Shakhtar Donestk como uma grande promessa. Passou ainda por Palmeiras, Internacional e Flamengo no Brasil, se destacando na equipe rubro-negro, mas hoje segue na equipe europeia.

Craque ao lado de Neymar, Paulo Henrique Ganso deixou o Santos para jogar no rival São Paulo. Com a ideia de jogar na Europa, acabou sendo vendido para o Sevilla, mas não brilhou e passou por empréstimo ao Amiens, da França. Porém, retornou ao Brasil para atuar no Fluminense.

Artilheiro do quarteto com Neymar, Robinho e Ganso, o atacante André foi para o Metalist da Ucrânia, passou ainda por Corinthians e Atlético-MG, além do Sporting, de Portugal. Atualmente está no Grêmio, mas os torcedores não são seus grandes fãs e pode ser negociado em breve.

Laterais titulares na conquista da Copa Libertadores, Danilo e Alex Sandro foram companheiros de equipe na maioria das temporadas. Negociados com o Porto, a dupla hoje joga na Juventus e são convocados frequente por Tite para a Seleção. O primeiro ainda passou e foi campeão por Manchester City, da Inglaterra, e Real Madrid, da Espanha.

LEIA MAIS:

Por onde anda Jean Chera, ex-promessa do Santos que virou funcionário de Ronaldinho?

Por onde anda Leandro, “novo Neymar” que jogou em Grêmio, Santos e Palmeiras?