Governo da Itália libera times para treinos individuais de jogadores

Ministério do Interior italiano aprovou possibilidade de times voltarem a treinar com restrições em consequência do coronavírus

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Um dos países que foram mais atingidos pelo coronavírus, a Itália pode estar prestes a ver alguma normalidade em seu futebol. Segundo o jornal Mundo Deportivo, o Ministério do Interior do país autorizou para que os clubes possam voltar a fazer treinamentos com seus jogadores.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

O governo italiano emitiu nota na qual autoriza que os clubes, a partir de segunda-feira (4), possam voltar a treinar mediante diversas restrições. A principal delas é de que as atividades com os jogadores sejam individualizadas, ainda respeitando medidas de distanciamento social e evitando aglomerações.

As atividades desde tipo estão liberadas não apenas para o futebol mas também para os outros esportes, tanto os profissionais como os amadores. Em todas as disciplinas, são mantidas regras para que os atletas fiquem, no mínimo, dois metros distantes um do outro e sem atividades em grupo pelo momento. A regulação dura, no mínimo, até o dia 17.

A decisão acontece num momento em que a Itália começa a discutir um possível relaxamento da quarentena imposta em todo o país por causa da pandemia, que já matou mais de 28,8 mil pessoas. E também abre espaço para que haja uma discussão pela volta do Campeonato Italiano.

Clubes e federação querem a volta da disputa do Calcio, mas o governo tem sido contra, neste momento, reiniciar os jogos da competição por questões de saúde e segurança de atletas e demais envolvidos.

LEIA MAIS

8 jogadores que já se destacaram no Brasileirão e você nem lembra

Pogba deve receber proposta do Real Madrid em breve, diz jornal

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial Lega A)