Marta: em quais times a Rainha do futebol jogou?

Com quase duas décadas na seleção brasileira, Rainha começou a desfilar pelos campos aos 13 anos

Raffa Carolina
Colaborador do Torcedores

Um dos destaques quando se trata de futebol feminino, Marta Vieira da Silva tem uma longa carreira no futebol feminino. Ela começou com 13 anos no CSA, mas deixou Alagoas para tentar a sorte dentro de campo pelo Vasco. Já passou por diversos países: Estados Unidos, Suécia além de times no Brasil.

A Rainha, como ficou conhecida, é uma das jogadoras mais premiadas individualmente. Empilhou taças ao conquistar seis vezes a Bola de Ouro da Fifa. Com isso, tornou-se a única atleta da modalidade a atingir tal feito.

Você conhece o canal do Torcedores no YoutubeClique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no 
Instagram

Confira os times em que Marta atuou

CSA (Centro Sportivo Alagoano) – 1999

Marta Vieira, aos 13 anos, atuou por uma temporada no clube de coração, o CSA em Alagoas, nas categorias de base.

Vasco da Gama (RJ) – 2000 à 2002

Um time sempre lembrado pela Rainha é o Vasco da Gama, time em que atuou por duas temporadas. No clube carioca fez apenas 16 jogos e marcou quatro gols.

Santa Cruz (MG) – 2002-2004

Após duas temporadas no Rio de Janeiro, Marta foi transferida para o Santa Cruz, de Minas Gerais. Entretanto, não chegou a ganhar nenhum título. Atuou por 38 jogos e fez 16 gols.

Umea IK (Suécia) – 2004 à 2009

Marta então foi para o frio da Suécia, onde ganhou fama e se tornou conhecida. Venceu o campeonato nacional por três temporadas consecutivas e foi duas vezes artilheira com 22 e 21 gols respectivamente. Ela ficou no clube por cinco temporadas até se mudar para os Estados Unidos.

Los Angeles Sol (EUA) – 2009

Saindo da Suécia, onde começou a fazer o seu nome conhecido na modalidade, a Rainha anunciou transferência ao Los Angeles Sol. Foi apresentada em janeiro de 2009, quando se tornou artilheira da liga nacional. Entretanto, terminou com o vice-campeonato.

Santos (SP) – 2009 e 2010

Em uma das melhores equipes femininas do Santos, Marta teve duas passagens pela equipe da Vila. Em ambas veio por empréstimo. Ela acabou como campeã da Copa do Brasil e da Libertadores por duas vezes.

FC Gold Pride (EUA)- 2010

No meio das duas passagens pelo Santos, a Rainha foi para o FC Gold Pride em 2010. Após o encerramento das atividades do Los Angeles Sol, ela foi “draftada” pela equipe americana. Pela segunda vez terminou como artilheira, mas agora conseguiu levar o time ao título.

Western New York Flash (EUA)- 2011

Em Janeiro de 2011, Marta foi anunciada no Western New York Flash para a temporada de 2011, sendo campeã da liga americana de futebol feminino.

Tyresö FF (Suécia)- 2012-2014

Em 2012, deixou a Liga Americana e retornou à Suécia para o Tyresö, com contrato de duas temporadas. Com a camisa 12, Marta foi campeã sueca em 2012, e vice-campeão da Liga dos Campeões na temporada de 2013-14.

FC Rosengard (Suécia)- 2014-2016
Após a falência do Tyresö, em 2014, a Rainha foi contratada pelo FC Rosengard por duas temporadas. Em sua última equipe pela Suécia, foi bicampeã nacional em 2014 e 2015, e acabou com o vice-campeonato em 2016.

Orlando Pride (EUA) – 2017

Em 2017, retornou aos Estados Unidos, dessa vez para o Orlando Pride. Mas não vive bom momento na equipe. Só conseguiu chegar uma vez aos playoffs (fase final) com a equipe. Mesmo com a má fase, em 54 jogos, foram 33 participações 0 23 gols marcados  e 10 assistências.

Marta não deixa de ter uma carreira vitoriosa, principalmente na liga sueca, onde conseguiu ter todo o sucesso e uma boa parte do reconhecimento que só uma jogadora seis vezes campeã da Bola de Ouro tem.

 LEIA MAIS SOBRE O FUTEBOL FEMININO 
Brasil volta ao top 10 do ranking de futebol feminino da FIFA

Com hat-trick de Bia Zaneratto e Arena quase vazia, seleção feminina goleia o México