Mauro Beting critica quem detona o Palmeiras até quando merece elogios

Colunista do Torcedores comenta as ações do Verdão durante a pandemia do novo coronavírus

Mauro Beting
Mauro Beting comenta futebol em rádio, TV, internet, jornal, blog e livro, faz filme de futebol para cinema, DVD e TV, e comenta no PES 2014

Crédito: Divulgação / Palmeiras

O Palmeiras é um dos clubes que melhor estão conduzindo a questão financeira, trabalhista e sobretudo humana durante a pandemia. Não apenas honrando compromissos. Mas ajudando demais quem mais necessita. Quem mais teria dificuldades. E continua as tendo.

Elogios? Nenhum.
Ou quase nenhum.

Críticas? As de sempre. Mecenato. Patrocínio com interesses políticos. Lavagem de dinheiro. E em breve “clube de fascistas”. Quando não vierem satanistas. Adoradores do demo. Só cozinham com coentro. Amantes de pizza portuguesa. Fandom do Restart.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O Palmeiras e seus diretores e patrocinadores estão mandando muito bem. Independente das causas, as consequências são saudáveis. Exemplares.

Parte da mídia não está mandando mal.

Está merecendo ser mesmo mandada para a pauta que a pariu.

Crefisa e FAM claro que têm interesses políticos. Como a Kalunga no Corinthians. Unimed no Fluminense. Tão políticos quanto passionais também. Torcedores com dinheiro querendo comandar o clube.

Como fazem os torcedores com dinheiro em outros clubes.

Como fazem apenas investidores com dinheiro que compram clubes de outros países.

LEIA MAIS:
Mauro Beting: Reajuste salarial no Palmeiras é o que dá pra fazer no momento