Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Napoli está interessado em meia que joga no time de Maradona

José Antonio Paradela, que já foi sondado pelo River Plate, é um dos principais jogadores do Gimnasia y Esgrima e é fã do ex-jogador da seleção argentina

Pedro Giordan
Jornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017 - Colaborador do Torcedores.com desde fev/2020

Crédito: Divulgação/Twitter oficial do Gimnasia y Esgrima

O Napoli já está de olho na próxima janela de transferências. De acordo com o portal italiano Il Mattino de Italia, o time está interessado em contratar José Paradela, meia do Gimnasia y Esgrima. O jogador de 21 anos é um dos principais jogadores do time que é comandado por Diego Maradona.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Segundo a publicação, o Napoli ofereceu 400 mil euros ao clube da cidade de La Plata por um ano e meio de contrato. Anteriormente, o River Plate também já tinha demonstrado interesse na contratação do atleta.

Nascido na cidade de Quiroga, uma cidade localizada na região metropolitana de Buenos Aires, José Antonio Paradela começou a sua carreira no Club Atlético Quiroga. Aos 16 anos, ele assinou um contrato com o Club Rivadavia.

Suas atuações na terceira divisão local chamou a atenção de muitos clubes.

Em 2018, ele se transferiu para o Gimnasia y Esgrima. Em seu primeiro ano, Paradela só jogou uma partida da liga nacional. Com a chegada de Maradona, ele se transformou em uma da principais peças do time.

“El Lobo” terminou a Superliga na 19ª colocação.

Novo Maradona?

O grande ídolo de Paradela tem nome, sobrenome e uma Copa do Mundo no currículo: Diego Armando Maradona. Em entrevista ao  Il Mattino de Italia, Paradela falou sobre o treinador: “Seria um orgulho jogar no time dele. Meu pai sempre foi fã de Maradona, quando ele era pequeno, me contou tudo sobre ele e me mostrou seus jogos mais importantes e seus melhores gols. Seria um sonho morar naquela cidade e jogar no time que fez de Diego o melhor de todos “, disse o jogador .

“Para os argentinos, a Europa significa Espanha e Itália. Se falamos sobre a Itália, então para nós é sobretudo Nápoles. Diego sempre nos fala sobre a cidade e a loucura dos fãs”, concluiu.

O ex camisa 10 da seleção argentina é considerado um Deus em Nápoles. Em sete anos, ele conquistou o Campoenato Italiano (duas vezes ), a Copa da Itália e Supercopa da Itália. Na temporada 1988-89, “El Pibe de Oro” ajudou a equipe a conquistar o seu único título europeu: a Copa da UEFA.

LEIA MAIS:

“Messi não precisa provar mais nada como jogador de futebol”, diz Scaloni

Dias após reconsiderar decisão de deixar clube, Maradona é saudado por torcida do Gimnasia e se emociona