São Cristóvão já teve jogadores em Copa do Mundo; conheça a história

‘Pequeno’ do futebol carioca, São Cri-Cri já teve jogadores na Seleção e disputando Copa

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial São Cristóvão

Hoje é impensável imaginar que clubes ‘pequenos’ ou sem a projeção das grandes potências do futebol brasileiro possam levar jogadores para a seleção brasileira ou até para a Copa do Mundo na atualidade. Mas um clube que hoje é considerado ‘pequeno’ e que na época brigava por títulos já teve o prazer de ter atletas em Copa, o São Cristóvão.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Atualmente longe da elite do futebol carioca, o São Cri-Cri era um ‘grande’ nos anos 20 e 30, tendo ganho inclusive o Estadual em 1926 e vice em 1934.  E com direito a ver alguns de seus atletas vestir a camisa brasileira (que era branca na época) em Copas do Mundo.

Na Copa do Mundo de 1930, foram três os atletas do time cadete a vestir a camisa da Seleção na primeira edição do Mundial. Foram ao Uruguai o defensor Zé Luiz e os atacantes Theóphilo e Doca. Do trio, apenas Doca não jogou uma partida sequer daquela Copa. Theóphilo foi titular na estreia (derrota por 2 a 1 para a Iugoslávia) e Zé Luiz entrou na vitória por 4 a 0 contra a Bolívia.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Theóphilo, inclusive, foi titular da Seleção em jogos antes e depois daquela Copa e até mesmo quando não defendia já o São Cristóvão, jogando pelo Fluminense. Doca só conseguiu fazer sua estreia num amistoso contra os EUA, vencido pelos brasileiros por 4 a 3.

Em 1938, o São Cri-Cri voltava a figurar com jogadores na Copa. No Mundial disputado na França, o meio-campista Affonsinho e o atacante Roberto foram os chamados por Adhemar Pimenta para a disputa do torneio. Exceto no jogo-extra contra a Tchecoslováquia (desempate nas quartas de final, vitória brasileira por 2 a 1), Affonsinho foi titular da Seleção. Já Roberto atuou em duas partidas, o ‘replay’ contra os tchecoslovacos (marcando inclusive gol) e a decisão do terceiro lugar contra a Suécia.

LEIA MAIS

Por que jogadores estão processando clubes por jogos aos domingos e à noite?

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial São Cristóvão)