Sylvinho questiona possível volta de Neymar ao Barcelona: “quem vai dizer que não pode?”

Ex-jogador trabalhou com o craque brasileiro na seleção, quando foi assistente técnico do time canarinho, entre os anos 2016 e 2019

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Reprodução/CBF

Auxiliar técnico da seleção brasileira entre os anos 2016 e 2019, Sylvinho trabalhou com diferentes jogadores do país que têm ligação com o Barcelona, seja por atualmente representarem o time catalão, ou por um dia terem vestido a camisa do clube espanhol.

São os casos dos meios-campista Arthur e Phillippe Coutinho, além do atacante Neymar. Em entrevista concedida para a rádio Cadena SER, Sylvinho falou sobre o trio.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Em relação a Neymar, o ex-jogador comentou um possível retorno do craque brasileiro ao Barcelona. “Tem muitas condicionantes por fora, como o lado econômico”, iniciou.

“Mas quem vai dizer que Neymar não pode voltar? É um jogador muito completo, extraordinário. Esse tipo de jogador me encanta”, acrescentou.

Já sobre Phillipe Coutinho, Sylvinho externou torcida para que o jogador, atualmente no Bayern de Munique, seja vitorioso no time do craque argentino Lionel Messi.

“(Coutinho) Tem muita qualidade, faro de gol. Mas não encaixou no Barcelona, tomara que volte e possa triunfar. Se não triunfar no Barcelona, vai triunfar em outro clube”, declarou.

Em relação a Arthur, Sylvinho elogiou as qualidades técnicas. “É um grande jogador, trabalhamos com ele na seleção. Tem projeção e qualidade, pode verticalizar mais jogo, jogar mais à frente. É jovem, tem qualidade diferenciada”, finalizou.

Leia também:

Sylvinho rasga elogios a Messi e Ronaldinho: “são um espetáculo à parte”

Sylvinho diz que Neymar está entre os três melhores do mundo e fala: “que encontre seu futebol”

Após Neymar e Thiago Silva, Marquinhos é mais um brasileiro do PSG que volta ao país em meio à pandemia