Você lembra? Irmão de Balotelli quase parou em clube carioca em 2019

Enock Balotelli esteve na mira de outro clube carioca enquanto irmão mais conhecido era especulado no Flamengo, mas ambas negociações fracassaram

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Divulgação

O nome de Mario Balotelli já foi diversas vezes ligado a clubes brasileiros como em possíveis transferências para Flamengo e Vasco. No entanto, ele não foi o único da família cotado para reforçar algum clube brasileiro em 2019. O irmão, Enock Balotelli, quase parou no Boavista na mesma época em que o camisa 9 italiano era cogitado no Rubro-Negro.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

A informação tinha sido divulgada pelo jornalista italiano Gianluca Di Marzio e indicava que o jogador poderia assinar com o Boavista e viajar junto com Mario. Quando foi procurada sobre o assunto pela imprensa, a diretoria do clube de Saquarema não quis se pronunciar sobre a negociação. Assim como as conversas do centroavante italiano, Enock acabou não acertando com o clube carioca e em agosto fechou com o Castiglione.

Sem o mesmo holofote, Enock Balotelli nunca teve a fama do irmão e atuou apenas em clubes menores. Apesar de ter jogado durante alguns meses na base do Manchester City, mesma época em que o camisa 9 jogava no time profissional, Enock sempre atuou em times de menor expressão na Itália. Sua passagem mais relevante foi no RapalloBogliasco em que atuou por uma temporada e anotou 22 jogos e 7 gols.

Atualmente, Enock Balotelli tem 27 anos, joga no USD Caravaggio desde o início de 2020 e atuou em seis partidas na quarta divisão italiana. Com a crise do coronavírus, o país paralisou todas as atividades incluindo os campeonatos de todas as divisões.

LEIA MAIS:

Balotelli em números: mais jogos na Inter e decepção no Liverpool

Wolfsburg enfrentará tabu por vaga na próxima Champions League

Siano, Lopes e Fernandes: conheça os candidatos à presidência do Vasco