5 brasileiros que são ídolos no Japão e você não sabia

Alguns jogadores não fizeram o mesmo sucesso no Brasil

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Robson Ponte com a camisa 10 do Urawa Reds (Koichi Kamoshida/Getty Images)

O futebol japonês se tornou válvula de escape para vários jogadores brasileiros brilharem. Alguns deles não conseguiram sucesso nem parecido no futebol nacional.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Veja 5 brasileiros que são ídolos no Japão e você não sabia:

Marquinhos Cambalhota
O atacante fez toda sua carreira no futebol japonês e não conseguiu ter a mesma fama no Brasil. Atuou em nada menos que 15 temporadas no país e defendeu Tokyo Verdy, Shimizu S-Pulse, Kashima Antlers, Yokohama F. Marinos, entre outros.

Betinho
O jogador passou por Cruzeiro e Palmeiras nas décadas de 80 e 90, mas foi no Japão que se criou e se tornou ídolo atuando pelo Shonan Bellmare, entre 1993 e 1996. Foram 163 jogos com 73 gols marcados. Ainda passou uma temporada no Kawasaki Frontale, onde disputou 38 jogos e marcou 24 gols.

Araújo
Maior artilheiro da história do Goiás, Araújo foi para o Japão em 2004 e teve dois anos de artilharia suprema no país. Passou por Shimizu S-Pulse e Gamba Osaka e disputou, somados, 82 jogos. Foram 51 gols marcados.

Juninho
O atacante foi rebaixado com o Palmeiras em 2002 e no ano seguinte foi para o Japão, onde se transformou em ídolo do Kawasaki Frontale. Ficou no clube até 2011 e disputou 355 jogos com 214 gols marcados. Ainda passou pelo Kashima Antlers, onde ficou até 2013, e disputou 79 gols com 11 gols marcados.

Robson Ponte
O meia jogou no interior de São Paulo na década de 90 e fez sucesso na Alemanha, onde passou seis temporadas e jogou por Bayer Leverkusen e Wolfsburg. Em 2005 foi para o Urawa Reds e se transformou em ídolo no clube japonês. Ficou na equipe até 2010 e disputou 135 jogos com 28 gols marcados.

Leia mais:
48 jogadores brasileiros estão na primeira divisão do Japão; veja todos