Dia nacional do vôlei: 7 destaques da seleção brasileira nos últimos 10 anos

Nesse sábado (27), é comemorado o dia nacional do vôlei. Só nos últimos 10 anos, a modalidade acumulou dois ouros olímpicos, entrou outros títulos. Dessa forma, o Torcedores.com montou uma lista com 7 destaques da seleção nesse ínterim

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução sobre imagens de Instagram

Pentacampeão olímpico, o vôlei é um dos esportes mais praticados pelos brasileiros. Por essa razão, ganhou uma data comemorativa: o dia nacional do vôlei. Ao longo dos anos foram inúmeros talentos revelados nas campanhas douradas das nossas seleções.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Dia nacional do vôlei: 7 jogadores que se destacaram pela seleção nos últimos 10 anos:

Sheilla

Destaque absoluto do bicampeonato olímpico da seleção feminina. Foi responsável por salvar cinco matchs points no jogo contra a Rússia nas quartas de final de Londres-2012, além de ajudado nas principais conquistas do Brasil nos últimos anos.

Jaqueline

Jogadora completa, com um fundo de quadra invejável, é considerada a MVP da final olímpica contra os Estados Unidos em Londres. Depois do bi olímpico, ainda se destacou pelo Osasco, onde joga atualmente e fez história, além de ter feito parte dos demais títulos internacionais do Brasil.

Thaísa

Muralha brasileira, compôs por muito tempo as ‘torres gêmeas’ ao lado de Fabiana na seleção. Foi destaque na campanha de Londres e posteriormente MVP do Grand Prix 2013, quando jogou o fino do vôlei mundial.

Natália

Herdeira da faixa de capitã de Fabiana na seleção após a Rio-2016, é o principal pilar da nova geração. A campeã olímpica em Londres  foi o nome brasileiro nas conquistas dos últimos Grand Prix, em 2015 e 2016, contudo, ainda sofre com constantes lesões na carreira.

Lucarelli

O menino de ouro do Brasil foi aposta certeira de Bernardinho na seleção masculina. Destaque absoluto da maioria dos últimos títulos da era Bernardinho, incluindo a Rio-2016, e é uma das esperanças para o tetra olímpico em Tóquio.

Wallace

O oposto deslanchou após a prata brasileira em Londres-2012. Até 2019, foi o principal desafogo do atacante nos clubes que jogou e nos times de Bernardinho e Renan. Destaque absoluto na campanha do ouro na Rio 2016, foi campeão de tudo no Sada Cruzeiro, até sair de Minas Gerais em 2016.

Bruninho

Capitão da seleção brasileira, terminou 2019 no ápice da carreira de qualquer atleta. Campeão olímpico e duas vezes medalhista de prata, ergueu as taças da Copa do Mundo pelo Brasil e se tornou campeão de tudo, por clubes e seleção, depois da conquista do Mundial de Clube pelo Lube Civitanova.

LEIA MAIS

Dia nacional do vôlei: 16 brasileiros que fazem parte do hall da fama

Dia nacional do vôlei: 10 títulos inesquecíveis da seleção brasileira