Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

De Ganso a Agüero: 8 jogadores marcados por lesões na carreira

De defensor a atacante, não são poucos os casos de jogadores que sofreram com tempos no departamento médico

João Gabriel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Site Premier League

Lesões são sempre o pesadelo de qualquer atleta. Alguns jogam no sacrifício outros encerram a carreira mais cedo. Agüero, por exemplo, teve problema recente no joelho e, assim, vai perder o restante da temporada da Inglaterra. Com sorte, retorna para a Champions League.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

A exemplo do atacante, há muitos casos de atletas que sofreram com problemas ao longo da carreira. Eles ficaram em tratamento nos departamentos médicos. Então, alguns até não renderam o esperado. São justamente esses que vamos relembrar logo abaixo.

De Agüero a Ganso: 8 jogadores marcados por lesões na carreira

Ganso

Quando se fala em jogadores marcados por lesões, o nome mais lembrado com certeza é de Paulo Henrique Ganso. Despontou como uma grande promessa no Santos ao lado de Neymar em 2010. Entretanto, no mesmo ano, sofreu entorse no joelho esquerdo ocasionando ruptura do ligamento posterior – seis meses de recuperação. Poucos jogos após retornar da lesão sofreu outra menos grave.

As lesões acompanharam Ganso por toda sua carreira. Atuações inconstantes e novas lesões fizeram com que o meia-atacante nunca se firmasse em nenhum dos clubes que atuou após o Santos. Embora muitos o colocassem no início de sua carreira como melhor que o Neymar.

Sergio Agüero

O goleador argentino possui uma grande carreira, passando por Independiente da Argentina, Atlético de Madrid e Manchester City. Mas em 2018 após sofrer uma lesão no joelho, ficou algum tempo afastado e agora em 2020 passou por sua segunda cirurgia.

Apesar dos problemas, o atacante não teve uma queda brusca de rendimento.

Ronaldo

Quando se trata de jogadores marcados por lesões no joelho, Ronaldo é o nome mais lembrado. O Fenômeno na temporada 98/99 contra o Lecce sofreu contusão no joelho que o afastou dos gramados por cinco meses. No primeiro jogo ao retornar, sofreu nova lesão, que o afastou até 2002.

A Copa do Mundo de 2002 foi para muitos surpreendente, pois o atacante apresentou grande futebol. Após o Mundial, ainda passou pelo Real Madrid com grande destaque em seus primeiros anos, mas com um futebol longe do que o projetou e ainda sofrendo com lesões até o fim de sua carreira.

Garrincha

Talvez o primeiro grande jogador a ter problemas com lesões. Tudo começou em 1963, mas Garrincha não fez cirurgia devido à excursão do Botafogo para a Europa. Assim, Mané só pôde operar no ano seguinte agravando seu problema seja pelo esforço de jogar ou pelas injeções em seu joelho para amenizar seu problema.

Em 1966 as lesões seriam um fato que faria a seleção brasileira não ir longe naquela Copa. Após a Copa, Garrincha ainda passaria por Corinthians e Flamengo sem muito destaque encerrando sua carreira em 1972.

Kaká

No meio de sua carreira, Kaká sofreu com lesão no quadril. A lesão não impediu de realizar uma boa Copa em 2010, mas no Real Madrid, Milan e São Paulo não teve boas atuações.

Maradona

Apesar de ser mais lembrado por problemas com drogas, nos anos 90, Dom Diego sofreu com um problema no tornozelo. Com isso, ficou 42 dias afastado dos gramados.

Marcos

São Marcos poderia ter tido muito mais destaque se não fossem suas lesões em meados dos anos 2000. Foram problemas no punho, cotovelo e graves lesões. Entretanto, nada o impediu de ser um grande ídolo do Palmeiras

Romário

O baixinho principalmente no Flamengo passou muito tempo no departamento médico por conta de lesões musculares. Este fato gerou até o corte da Copa do Mundo de 1998.

LEIA MAIS
EDU DRACENA ADMITE SAÍDA DO SANTOS POR RELAÇÃO COM LESÃO E RELEMBRA INÍCIO DE NEYMAR

NETO CRITICA FLAMENGO APÓS CLUBE RETORNAR AOS TREINOS: “TODO MUNDO TÁ PENSANDO SÓ NA GRANA”