Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Premier League: veja como está a busca pela artilharia da competição

Com o título já definido, briga pela chuteira de ouro da Premier League promete fortes emoções com ‘surpresas’ da temporada

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Reprodução/Twitter Liverpool

A Premier League vai se aproximando do fim da temporada 2019/20. Com o título entregue ao Liverpool, a competição tem muitas questões ainda em disputa como a artilharia que possui alguns nomes conhecidos na briga pela chuteira de ouro.

O principal candidato e líder atualmente é o inglês Jamie Vardy. Com 19 gols, o atacante tem feito mais uma boa temporada no Leicester e conduz o time em mais uma grande campanha. Além do camisa 9, Aubameyang do Arsenal e Salah do Liverpool seguem na cola como dois dos maiores concorrentes pela ponta da tabela.

Participe do bolão do ApostasFC e concorra a 50 mil reais em prêmios. Valendo para os jogos do campeonato inglês

Veja a situação de cada artilheiro na briga chuteira de ouro da Premier League e os próximos jogos

Vardy – 28 jogos e 19 gols

A temporada de 2019/20 de James Vardy só não é melhor do que no ano em que o Leicester foi campeão da Premier League. Com 19 gols, o atacante tem uma média de aproveitamento impressionante mesmo estando em um time fora do big 6 – as seis maiores equipes da PL. No entanto, os sete jogos restantes da equipe podem ser complicados para o atacante que terá pela frente Everton, Arsenal, Bournemouth e Tottenham fora de casa e Crystal Palace, Manchester United e Sheffield United no King Power Stadium.

Aubameyang – 28 jogos e 17 gols

O vice-artilheiro da Premier League é Aubameyang com 17 gols, mas o jogador caiu de produção nas últimas rodadas. Apesar de ter duelos mais simples, o gabonês não marca há cinco jogos e perdeu força na briga pela artilharia. Além disso, a sequência de jogos do Arsenal é complicada em todos os sentidos pois além de enfrentar times que correm risco de serem rebaixados (Norwich e Aston Villa) os outros adversários estão na primeira parte da tabela (Liverpool, Tottenham, Leicester e Wolves).

Salah – 27 jogos e 17 gols

O título do Liverpool pode fazer Salah continuar na briga pela artilharia da Premier League. Como os Reds estão eliminados da Champions League, o atacante tem grandes chances de continuar atuando para poder somar mais gols. Mesmo com a conquista, o egípcio deve manter o ritmo para fazer ainda mais história contra Manchester City, Aston Villa, Brighton, Burnley, Arsenal, Chelsea e Newcastle.

Danny Ings – 30 jogos e 16 gols

Apesar da campanha irregular do Southampton, Danny Ings tem feito uma boa temporada. Em 30 jogos, o atacante marcou 16 gols e é responsável por quase metade dos tentos da equipe na Premier League. Na reta-final da competição, Ings terá que conseguir encerrar o jejum de cinco jogos sem marcar e ajudar os Saints a garantirem a vaga na elite nacional. Os próximos confrontos são diante de Watford, Manchester City, Everton, United, Brighton, Bournemouth e Sheffield.

Raul Jimenez – 31 jogos e 15 gols

A estrela de Raul Jimenez tem sido grande depois da retomada da temporada. Em dois jogos, o espanhol marcou duas vezes e demonstra muita vontade de entrar de vez na briga pela artilharia da Premier League. Outro tempero que pode ajudar o atacante é a briga do Wolves por uma vaga na Champions League. Com o Chelsea em quarto lugar com 54 pontos, o time laranja tem cinco pontos a menos e neste momento vai garantindo ao menos uma vaga na próxima Europa League. Apesar da classificação momentânea, a equipe do técnico Nuno Espirito Santo deseja ainda mais, mas terá que enfrentar adversários difíceis até o final como Aston Villa, Arsenal, Sheffield, Everton, Burnley, Crystal Palace e Chelsea.

LEIA MAIS:

Liverpool receberá homenagem especial do Manchester City em confronto após título da Premier League

Título do Liverpool na Premier League encerra longo jejum e “quebra” a internet; veja repercussão

Klopp no Liverpool: relembre os momentos da chegada do treinador até o título da Premier League