Rooney teve problemas capilares durante a quarentena

O experiente centroavante do Derby County retornou aos treinos do clube inglês com uma linha capilar lastimável

Matheus Rodrigues
Colaborador do Torcedores.com.

Ídolo do Manchester United, Wayne Rooney, que atualmente defende o Derby County, retornou da quarentena “diferente”. O centroavante de 34 anos é conhecido e provocado por ter calvície desde a infância.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Ao decorrer dos anos, Rooney procurou ajuda médica e gastou milhares de euros com remédios, tratamentos e transplantes capilares. De acordo com o jornal britânico ‘The Sun‘, o inglês desembolsou mais de 30 mil euros tentando achar uma cura para a queda de cabelo

No entanto, após o retorno dos treinos interrompidos devido à pandemia do novo coronavírus, ficou evidente que o centroavante voltou a ter problemas capilares.

Na conta oficial do Twitter do Derby County, fica claro o estado lastimável da linha capilar de Rooney. Confira:

A queda de cabelo afeta a maioria dos homens, de diversas idade, da mesma forma que entristece o centroavante. Há alguns anos, o inglês escreveu em sua autobiografia seu pensamento sobre a falta de cabelo: “Pensava: ‘Caramba, ainda sou novo e estou ficando careca’, lamentou o centroavante.

LEIA MAIS

Tottenham mira a contratação do meio campista, Philippe Coutinho

Neymar teve aprovação para receber R$ 600 do auxílio emergencial