Craque em tudo? Relembre golaços de falta na carreira de Van Dijk

Zagueiro do Liverpool não é o cobrador oficial de bolas paradas do time, mas já demonstrou grande talento na época que era jogador do Celtic, da Escócia

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Michael Regan/Getty Images

O Liverpool do treinador alemão Jurgen Klopp é considerado com uma das grandes forças do futebol mundial atualmente. Em um pouco mais de um ano, a equipe de Anfield levantou o troféu na Liga dos Campeões, do Mundial de Clubes e a inédita Premier League. Um dos pilares da equipe é o holandês Virjil van Dijk.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Ao lado do goleiro Alisson Becker e os laterais Alexander-Arnold e Andrew Robertson, o zagueiro holandês é considerado por muitos como um dos melhores defensores do mundo. Van Dijk é um exímio defensor, surpreende pela velocidade e o bom posicionamento.

Quer saber quem chega e quem sai dos clubes do Brasil e do mundo?

 

Porém, o que poucos sabem é que o holandês também já se destacou pelas cobranças de falta. No começo da carreira, jogando pelo Celtic, da Escócia, marcou 15 gols em duas temporadas, sendo o melhor do Campeonato Escocês em 2013.

Veja os gols de falta do zagueiro pelo Celtic:

Relembre a passagem de Van Dijk pelo Liverpool:

Van Dijk é, atualmente, o zagueiro mais valioso do futebol mundial, de acordo com o site Transfermarkt. Ao lado de Alisson, Alexander-Arnold e Robertson, a defesa do Liverpool, comandada por Jurgen Klopp, é considerada uma das melhores.

O holandês chegou ao Liverpool na metade da temporada de 2018. Vice da Liga dos Campeões em 2017/18, o time de Anfield garantiu o título europeu em 2018/19 e venceu de forma inédita na história do clube a Premier League nesta temporada.

VEJA TAMBÉM:

Clássico entre Liverpool x City é eleito o jogo “mais valioso” de todos os tempos; veja lista

Klopp faz promessa inusitada a elenco do Liverpool após conquista da Premier League