Jorge Masvidal esnoba McGregor e elege rivais que gostaria de enfrentar

‘Gamebred’ atuará neste sábado (11) diante de Kamaru Usman no UFC 251

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook UFC Brasil

Jorge Masvidal terá a chance de, finalmente, ser campeão de fato do UFC ao encarar Kamaru Usman pelo cinturão dos meio-médios neste sábado no UFC 251, em Abu Dhabi. Apesar de ainda ter o nigeriano como adversário a enfrentar, o americano já pensa no futuro e até tem rivais em mente.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Em entrevista à ESPN americana, o ‘Gamebred’ citou Nate Diaz como um dos rivais que gostaria de encarar. No caso, seria a revanche a luta que decidiu o famoso ‘BMF Belt’, que foi para as mãos de Masvidal depois da luta ser interrompida por razões médicas.

“Tem dois caras que estão no meu radar e o Nate é um deles. Porque é uma grande luta, mas sinto que eu e o mundo não gostamos do resultado dela. Sei que o Nate quer a revanche. Digo isso de verdade, eu quero a revanche. Se eu for campeão, darei a ele a mesma oportunidade que ele me deu de lutar pelo BMF Belt”, afirmou Masvidal.

Além de Nate Diaz, outro rival citado pelo americano é Stephen Thompson. O ‘Wonderboy’ venceu o ‘Gamebred’ em 2017 e o desafiante ao cinturão meio-médio declarou que deseja uma nova luta contra o antigo rival.

“Não tenho nada contra o Stephen, admiro ele como pessoa, mas eu gostaria de ter a revanche com ele. Sei que posso fazer melhor do que fiz em nosso primeiro encontro. Sei que posso encará-lo da forma certa e gostaria de ter a revanche”, afirmou.

As duas indicações seriam um sinal de que o lutador, que viveu um 2019 de estrelato graças ao nocaute em cima de Ben Askren e a vitória sobre Diaz, já deixou de lado o desejo de lutar contra Conor McGregor. O lutador chegou a buscar enfrentar o irlandês, que nunca se mostrou desejoso de o enfrentar. E muito menos o UFC, que várias vezes afirmou que Masvidal seria ‘muito grande’ em termos de tamanho para o ‘Notorious’.


LEIA MAIS


Jorge Masvidal promete ‘quebrar a cara’ de Usman: “Vou te provar que você é falso”

Durinho admite torcida por Usman e dispara: “Se Masvidal vencer, a categoria vai virar um circo”

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook UFC Brasil)