Sheilla e mais 9: mulheres que consagraram o esporte brasileiro no século 21

Ao longo dos anos, as mulheres foram quebrando paradigmas e se tornam expoentes do esporte brasileiro. Aniversariante do dia, a oposta Sheilla fez parte de uma das gerações mais vitoriosas do vôlei e marcou seu nome na história da modalidade

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Instagram

Sheilla é considerada por muitos como a maior da sua posição na história e divide opiniões sobre ter sido a melhor de todos os tempos, concorrendo com outras brasileiras e jogadoras europeias, como Gamova e Sokolova.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

A mineira de Belo Horizonte ainda sonha com a quarta Olimpíada da carreira, em Tóquio, no próximo ano. Em 2019, dividiu opiniões entre torcedores e imprensa sobre o seu retorno à seleção na Copa do Mundo. Sem contrato atualmente, a jogadora disputou a última Superliga pelo Minas.

Assim como a camisa 13 da seleção de vôlei, outras atletas também fizeram história no esporte brasileiro e mundial. Dessa forma, o Torcedores.com montou uma lista com 10 nomes de mulheres que quebraram tabus em suas modalidades.

Não foi só Sheilla! Confira uma lista com 10 mulheres que marcaram o esporte brasileiro no século 21:

LEIA MAIS

Sheilla, Ana Moser e mais: Escale a melhor seleção brasileira de todos os tempos

Saiba por onde andam as campeãs do Grand Prix 2017

Drussyla, Douglas Souza e mais: 10 promessas do vôlei brasileiro nos últimos anos

Dia nacional do vôlei: 16 brasileiros que fazem parte do hall da fama