Verdade ou mito? Veja as respostas para algumas teorias sobre o 7×1 em 2014

Maior vergonha da história do Brasil aconteceu no Mineirão e foi marcado por recordes da Alemanha e passo final para a conquista do tetra

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Rafael Ribeiro/CBF

Há seis anos o Brasil sofria a maior derrota “moral” de sua história. No Mineirão, o time de Luiz Felipe Scolari viu o sonho do hexa em casa ser esmagado por um estrondoso 7×1 contra a Alemanha.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

A goleada, no entanto, chamou muita atenção por se tratar de uma semifinal de uma Copa do Mundo e abriu espaço para muitas teorias. Durante os 90 minutos, muitas ideias sobre uma provável entrega do Brasil iam surgindo a cada gol sofrido. Até hoje muitas questões estão em abertas, mas outras já foram respondidas e o Torcedores traz o que é verdade e o que é mentira sobre o doloroso dia 08 de julho de 2014.

Low pediu pra tirar o pé

Verdade – O 5×0 no primeiro tempo já era uma catástrofe sem volta. Muitos imaginavam que o placar do jogo poderia apontar 10 a 0 ao final dos 90 minutos. No entanto, apenas dois gols completaram o lado dos alemães. Os boatos de que os alemães combinaram de ‘tirar o pé’ para não humilhar ainda mais o Brasil foram confirmados um ano depois do término da partida.

Em entrevista ao jornal alemão Die Welt, o técnico Joachim Löw confirmou a versão de que pediu para seus jogadores não continuassem com o mesmo ímpeto. “Durante o intervalo, falei com cada um dos jogadores, exigindo que evitassem uma arrogância para com os derrotados. Para mim, era importante não humilhar os brasileiros. Para o segundo tempo, eu pedi aos jogadores o mesmo empenho, seriedade e dedicação que haviam mostrado no primeiro tempo”, afirmou o treinador.

Evento esportivo mais comentado no Twitter

Verdade – A vergonha do Brasil contra a Alemanha entrou para a história. No Twitter, o assunto ficou como o mais comentado da história e o evento que mais gerou tweets simultâneos. Depois do quinto gol foram 580 mil posts por minuto e uma outra marca expressiva foi alcançada: o evento esportivo com maior número de interações: 35,6 milhões de tweets durante todo o Mineiraço.

Alemanha foi melhor que o Brasil

Mentira – O placar de 7×1 não representou a quantidade de ataques durante o jogo. De acordo com o relatório da FIFA, o Brasil conseguiu ter 55 ataques contra 34 da Alemanha. Além disso, o time de Felipão chutou 18 vezes ao gol de Neuer, quatro a mais do que os alemães.

7×1 de propósito?

Mentira – Todos sabem que existem esquemas de fraudes para equipes vencerem mesmo em resultados improváveis. No entanto, fraudar uma Copa do Mundo seria arriscado demais para qualquer organização seja uma fornecedora de material esportivo ou uma confederação. Em 2014, as premiações da FIFA ultrapassaram 576 milhões de dólares e para superar esse valores em um elenco e todos os envolvidos no evento seria arriscado demais e descoberto em poucas semanas o esquema tão grande e que poderia chegar na casa do bilhão de dólares.

Lesão de Neymar combinada?

Mentira – Alguns sites chegaram a levantar uma hipótese que a lesão de Neymar não foi verdadeira. Percepções como uma conversa entre o brasileiro e Zuniga para combinar o acidente e uma imagem sem uma tatuagem no braço do atacante começou a rodar na internet sugerindo um que um sósia estaria no lugar do camisa 10. No entanto, essa versão nunca foi confirmada e a possibilidade de ser uma mentira é muito alta.

Copa do Mundo vendida

Mentira – Assim como muitos eventos antes do 7×1, muitos torcedores sugeriram que o Brasil vendeu o torneio para a Alemanha. Desde 1998 quando a seleção brasileira perdeu para a França, a famosa mensagem “se vocês soubessem o que aconteceu, ficariam enojados” existe. Em todos esses eventos em que o time nacional não conseguiu ter êxito, muitos torcedores resgataram a mensagem e apenas mudaram os nomes e valores endereçados ao país. Assim como outros fatos, os boatos foram desmentidos e o Brasil simplesmente foi derrotado.

LEIA MAIS:

Ainda dói: após dois anos, torcedores seguem lamentando chances perdidas pelo Brasil na eliminação para Bélgica

Pelé, Ronaldo, Adriano e mais: 10 brasileiros que já resolveram Brasil x Argentina

Pelé estreou pela Seleção há exatos 63 anos e com gol da vitória sobre a Argentina