Home Futebol Wigan vai à falência na Inglaterra; veja outros times que viveram situação semelhante

Wigan vai à falência na Inglaterra; veja outros times que viveram situação semelhante

Latics se tornam primeiro clube da Inglaterra a decretar falência desde o início da crise do novo Coronavírus

Leonardo Pimenta Santos Cruz
Colaborador do Torcedores.com.

O Wigan fez história ao vencer o Manchester City e conquistar a Copa da Inglaterra, em 2013. Entretanto, o panorama mudou bastante em sete anos. Na última quarta-feira (01), o clube anunciou falência em virtude do impacto da pandemia da Covid-19. Um consórcio de Hong Kong adquiriu a equipe há um mês.

PUBLICIDADE

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Desde então, os Latics nomearam três administradores. Foram os casos de Paul Stanley, Gerald Krasner e Dean Watson. O objetivo era tentar reverter a situação, pois o time pode sofrer uma sansão pesada da Liga em virtude dos problemas financeiros na instituição.

Só que o Wigan está longe de ser o único clube a já sofrer com isso ao longo da história. Por isso, separamos outras cinco equipes que tiveram situação semelhante. Entre eles, há quatro europeus, dos quais três italianos e um escocês, além de um argentino.

PUBLICIDADE

Mais que o Wigan: confira 5 clubes que decretaram falência

1) Napoli (Itália)
Um dos melhores times italianos dos últimos anos decretou falência em 2004, quando já disputava a segunda divisão nacional. O antigo clube de Maradona foi refundado e passou a se chamar Napoli Soccer, no lugar do tradicional Società Sportiva Calcio Napoli, recuperado anos mais tarde. O clube recomeçou da terceira divisão do país, a última profissional na época.

[DUGOUT dugout_id=”eyJrZXkiOiJneUF4RUl6SyIsInAiOiJ0b3JjZWRvcmVzIiwicGwiOiIifQ==”]

2) Parma (Itália)
Um dos casos mais recentes do futebol também pode servir de incentivo ao Wigan e vem da Itália. O Parma conviveu com época de grandes feitos quando contava com investimentos da Parmalat. Mas desde a saída do investidor, vinha passando por momentos complicados. A falência foi decretada em 2015, com o rebaixamento à quarta divisão e a mudança de nome. Hoje o clube se encontra na primeira divisão italiana e com um novo investidos chinês.

3) Fiorentina (Itália)
Um dos clubes mais tradicionais da terra da bota e o primeiro clube do país a disputar uma final de Liga dos Campeões da Europa, em 1957, decretou falência em 2002. Não conseguia mais arcar com os salários do jogadores e detinha dívidas de 50 milhões de dólares. La Viola, como é conhecida a Fiorentina, se desfez de grande parte do elenco e foi rebaixada para a terceira divisão.

PUBLICIDADE

4) Rangers (Escócia)
Dono de uma das maiores rivalidades do mundo com o Celtic, o Rangers decretou falência em 2012. As dívidas passava da casa de 130 milhões de euros. O clube foi parar na quarta divisão do futebol local e acabou refundado como The Rangers. Retornou à elite em 2016.

5) Racing (Argentina)
Detentor de 18 títulos do campeonato nacional e o último sendo conquistado em 2018, o Racing, um dos maiores clubes da Argentina, entrou em falência em 1999 e só não fechou por causa de sua fanática torcida. A saída encontrada para a equipe continuar existindo foi a sua transformação em uma empresa, que perdurou por 10 anos.

LEIA MAIS
MESSI TRAVA RENOVAÇÃO E QUER SAIR DO BARCELONA EM 2021, DIZ JORNAL

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial