Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

WNBA: a incrível carreira de Tina Thompson, uma das maiores jogadoras de basquete

Foram 17 anos de títulos, premiações e recordes

Mateus Claudino
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Basketball Hall of Fame

Tina Marie Thompson foi uma das maiores jogadoras da história da WNBA. Títulos, prêmios pessoais e recordes resumem sua brilhante carreira na liga. Além das conquistas citadas, Tina disputou os jogos olímpicos em duas oportunidades, conquistando a medalha de ouro em ambas. Em 2010, entrou para o melhor time da década. Oito anos depois, entrou para o Hall da Fama do Basquete.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

 

 

Tina Thompson nasceu no dia 10 de fevereiro de 1975, em Los Angeles, Califórnia. Tem formação em sociologia e especialização em psicologia. Estudou na University Of Southern California. Em 1997, primeiro ano de existência da WNBA, Tina Thompson foi draftada pelo Houston Comets, tornando-se a primeira jogadora a ser escolhida na história do draft. No Comets, formou as “Big three” ao lado de Cynthia Cooper e Sheryl Swoopes e conquistou quatro títulos (1997, 1998, 1999 e 2000). Sendo assim, a primeira dinastia da liga. No entanto, em 2008, o time anunciou o fim das atividades.

Com o fim do Comets, Tina precisou de outro lugar para continuar fazendo história. E nada poderia ser melhor que voltar à sua cidade de origem. Em 2009, assinou com o Los Angeles Sparks, onde ficou até 2010. Não conquistou títulos, mas foi na equipe que conseguiu um grande feito. Em 08 de agosto de 2010, chegou a marca de 6.264 pontos e tornou-se a maior pontuadora da liga ao ultrapassar Lisa Leslie. Terminou sua carreira com 7.488 pontos. Em 2017, Diana Taurasi (em atividade) bateu a marca e atualmente tem 8.693 pontos. Por fim, a aposentadoria das quadras ocorreu em 2013, com a camisa do Seatle Storm. Durantes 17 anos de carreira, fez nove participações no All-Star da WNBA e ficou oito vezes na seleção All-WNBA.

Carreira internacional

Além de jogar nos Estados Unidos, Tina também construiu carreira internacional. Em 2001, foi para a Itália jogar no Rovereto Basket. Dois anos depois, jogou na Coreia do Sul defendendo o Kumbo Falcons. Em 2006 e 2007, defendeu o Spartak Moscow Region na Euro League. Por último, em 2010, jogou no CSM Târgoviște, da Romênia.

Seleção nacional

O primeiro título de Tina Thompson com a seleção americana foi em 1998, quando disputou a Copa do Mundo na Alemanha. Aliás, o Brasil foi um dos adversários. Os Estados Unidos venceu a seleção brasileira na semifinal pelo placar de 93 a 79.

Tina também participou do mundial realizado no Brasil, mas foi eliminada pela Rússia na semifinal. Voltou a enfrentar a seleção verde amarela na briga pelo terceiro lugar. Novamente, as americanas não economizaram esforços e venceram a partida por 99 a 59.

Em 2004, estava no elenco dos Estados Unidos que garantiu a medalha de ouro nos jogos olímpicos realizado em Atenas, Grécia. Quatro anos depois, na edição realizada em Beijing, China, conquistou sua segunda medalha de ouro.

Atualmente

Começou sua carreira no comando técnico em 2015, ao ser contratada como assistente do Lady Longhorns. Em 2017, foi promovida ao cargo de treinadora associada. No ano seguinte resolveu trocar o Texas pelo Virginia Cavaliers, onde continua até hoje.

Veja abaixo os números de Tina Thompson na WNBA:

Comets (1997-2008):

332 jogos

5.424 pontos

2.211 rebotes

574 assistências

Las Vegas (2009-2011):

101 jogos

1.327 pontos

561 rebotes

176 assistências

Storm (2012-2013):

63 jogos

737 pontos

298 rebotes

53 assistências

Lances de Tina Thompson

Tina Thompson discursando na cerimonia oficial do Basketball Hall Of Fame

LEIA MAIS:

Ao explicar eliminação do Spurs na NBA, Gregg Popovich ironiza Donald Trump: “fake news”