Diretoria do Palmeiras cobra mais empenho do elenco

Diretoria do Palmeiras repete discurso de Luxemburgo e quer elenco mais focado

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Cesar Greco / Ag.Palmeiras / Divulgação

Parece que os empates, diante de Fluminense e Goiás, nas primeiras rodadas do Brasileirão acenderam a luz amarela na diretoria do Palmeiras. A ponto de o presidente Mauricio Galiotte cobrar os jogadores publicamente.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“O Palmeiras não foi bem, jogamos muito aquém do que a gente pode. Foi um jogo muito ruim. A gente pode e tem totais condições de evoluir. Estamos trabalhando para isso”, disse o mandatário ao programa Mesa Redonda da TV Gazeta. Ele se refere ao empate do último sábado, 15 de agosto, por 1 a 1 contra o Goiás. O jogo foi no Allianz Parque.

O time que teve seu jogo de estreia contra o Vasco, adiado por conta da final do Campeonato Paulista, entrou em campo na última quarta-feira, 12 de agosto, diante do Fluminense no Maracanã. Resultado? Mais um empate em 1 a 1.

“Só que atuar no Palmeiras não é fácil. Palmeirense é extremamente exigente. Além de conquistar, temos que jogar bem, temos que convencer, ganhar sempre. Então, como isso não ocorreu ainda contra times da Série A, esse é um indicativo importante. A gente tem que ficar atento, sim, porque isso aponta para a necessidade de evoluir, de melhorar.”, completou o presidente na mesma entrevista.

O discurso do presidente vai de encontro com o que pensam membros da alta cúpula do clube e o próprio técnico Vanderlei Luxemburgo. Para as duas partes, os jogadores não renderam o esperado, após a conquista do título Paulista, em cima do Corinthians.

A equipe volta a campo, na próxima quarta-feira, 19 de agosto. O adversário é o Athletico-PR, às 19h30, na Arena da Baixada.

LEIA MAIS

Palmeiras: Galiotte confirma Patrick de Paula na mira de alguns clubes