Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Empresário de Cejudo sobre duelo com Volkanovski: “Vou fazer tudo ao meu alcance para fazer essa luta acontecer”

Henry Cejudo é ex-campeão de duas categorias diferentes no UFC

Romário Pereira de Carvalho
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Sarah Stier/Getty Images

Apesar de ter anunciado aposentadoria em maio ao nocautear o ex-campeão Dominick Cruz e defender o cinturão do peso-galo (61 kg) do UFC, Henry Cejudo tem flertado com a ideia de encarar o atual campeão peso-pena (66 kg) Alexander Volkanovski, valendo o terceiro titulo da carreira do americano.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

O lutador chegou a afirmar que o único motivo pelo qual voltaria a lutar seria uma luta pelo título dos pesos-penas (66 kg) contra o australiano. Desta forma, ser o primeiro atleta da história a conquistar três cinturões em categorias diferentes. No que depender do seu empresario, Ali Abdelaziz, o ‘Triple C’ vai realizar seu desejo.

“Acho que Henry (Cejudo) vai lutar contra Alexander. Alexander continua andando por aí dizendo que não faz sentido. Eles vão lutar. Eu vou fazer tudo ao meu alcance para fazer essa luta acontecer. Faz muito sentido”, disse o agente em entrevista ao site ‘BJPenn.com’ antes de completar o motivo de confiar que o duelo saia do papel.

“Henry Cejudo é ótimo. Acho que se o Alexander lutar com alguém como Henry, isso acrescenta ao seu currículo. Henry é um dos maiores atletas de luta de todos os tempos. (Volkanovski) sabe que essa é a verdadeira luta”, finalizou o dono da agência Dominance MMA.

Medalhista de ouro no wrestling na Olimpíada de Pequim 2008, Cejudo atingiu o auge de sua carreira no MMA – iniciada em 2013 – nos últimos dois anos, com a conquista dos cinturões peso-mosca (57 kg), ao bater Demetrious Johnson, e peso-galo do Ultimate, em triunfo sobre Marlon Moraes. Após abdicar do título da categoria até 57 kg, o americano saiu vitorioso de sua primeira defesa da cinta até 61 kg em 9 de maio, quando superou por nocaute técnico Dominick Cruz, no UFC 249.

No MMA profissional desde 2012, Alexander Volkanovski soma 22 vitórias e apenas uma derrota em seu currículo. Pelo UFC, em que iniciou sua trajetória em 2016, o australiano possui nove triunfos e nenhum revés. O lutador conquistou o cinturão dos penas em dezembro de 2019, ao superar Max Holloway. Em julho, em sua primeira defesa de título, o competidor voltou a derrotar seu último adversário por pontos.

LEIA MAIS SOBRE UFC

Boxe Brasileiro no WooHoo

UFC projeta duelo entre Bate-Estaca e Jéssica Eye para outubro, diz site