Home Vôlei Novas duplas estreiam no Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia em retomada

Novas duplas estreiam no Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia em retomada

Esporte volta a ser disputado no país com a competição em Saquarema (RJ) na segunda quinzena de setembro

Luciana Piris
Jornalista, jogadora de vôlei e são-paulina.
esporte

Divulgação/CBV

PUBLICIDADE

A data de retorno do vôlei brasileiro será a partir de 17 de setembro. Novos times vão fazer a estreia e buscar suas primeiras vitórias no  Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia. A competição acontece no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), primeiro com a modalidade feminina.

Entre as novas formações, a principal estreia é a dupla formada pela campeã do Circuito Mundial e vice-campeã da Copa do Mundo, Taiana (CE) e a bicampeã olímpica no vôlei de quadra, Paula Pequeno (SP), que desde a última temporada se mudou às areias. A MVP dos Jogos de 2008 também estará em nova posição na quadra, atuando agora como bloqueadora permanente.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

O time foi formado há cerca de um mês, quando Paula e sua então parceira Mari resolveram procurar atletas mais experientes do vôlei de praia. Taiana elogiou a dedicação da companheira de dupla, mas sabe que o crescimento virá com tempo e muito treinamento.

PUBLICIDADE

“Estamos evoluindo nossa parceria. Claro que a Paula ainda está se adaptando, pois vinha treinando na defesa e agora será bloqueadora, mas a evolução dela é visível no dia a dia. Sabemos que temos um caminho para percorrer, sem pressa. Vamos ter nesta etapa um parâmetro para saber como treinar para os próximos torneios, o que temos que trabalhar e melhorar. Estamos muito felizes por voltar a competir, em ver nossa modalidade retornando com as precauções necessárias para a segurança de todos”, disse Taiana.

Mais duplas estreiam no vôlei

Além de Taiana/Paula Pequeno, outras duplas farão a estreia na etapa em Saquarema (RJ). São os casos de Ângela/Hegê (DF/CE), Solange/Verena (DF/CE), Izabel/Teresa (PA/DF), Ingridh/Carolina Ferraris (PR/RJ), Juliana Simões/Maria Clara Richa (PR/RJ) e Fernanda/Débora Lisa (BA/SP). Ao lado da experiente Izabel, Teresa comentou a expectativa para mais uma temporada do circuito e celebrou as medidas para prevenção.

“Estou na segunda semana de treinamento com ela aqui em João Pessoa (PB). Está sendo ótimo para melhorarmos o entrosamento e fazendo alguns ajustes. Izabel é muito experiente, tem muita estratégia e visão de jogo. Tenho certeza de que ela vai conseguir passar isso para mim, vai ser ótimo para meu crescimento. Espero que nós tenhamos bons resultados, estou com muita energia. Estamos felizes de que a CBV tenha conseguido realizar o evento com as medidas de segurança, sem público, para que possamos voltar a jogar”, disse.

Protocolo de prevenção

Todos os atletas farão um teste inicial para Covid-19 antes do torneio. O resultado será enviado à CBV (Confederação Brasileira de Vôlei). Se estiver tudo certo, aí sim a inscrição será confirmado. Em caso de teste positivo, o jogador ou jogadora não poderá participar.

PUBLICIDADE

Além disso, há outras medidas para maior segurança dos praticantes do esporte. Um dia antes do torneio, os atletas vão responder a um questionário, irão passar por aferição de temperatura, oximetria e farão um novo teste.

A segunda etapa da temporada também será realizada em Saquarema, em outubro, entre os dias 15 a 18 (feminino) e 22 a 25 (masculino). As outras três etapas ainda terão locais definidos, mas já possuem datas. A terceira parada será de 5 a 8 de novembro (feminino) e 12 a 15 de novembro (masculino). O quarto torneio será de 2 a 6 de dezembro, e o quinto de 16 a 20 de dezembro, com possibilidade de realização dos dois naipes.

[DUGOUT dugout_id=”eyJrZXkiOiJ1UWpKbVNWZSIsInAiOiJ0b3JjZWRvcmVzIiwicGwiOiIifQ==”]

LEIA MAIS:
Alison e Álvaro retomam treinos de olho nas Olimpíadas após se recuperarem da Covid-19

PUBLICIDADE