Jorge Jesus não garante titularidade de reforços no Benfica: “tem de provar”

Com Jorge Jesus de volta ao comando técnico, o Benfica trouxe reforços de peso para a temporada 2020/21 e promete brigar pelas primeiras posições nas competições que vai disputar

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Foto: Isabel Cutileiro/SL Benfica

Destaque da seleção brasileira em 2019, Everton Cebolinha se transferiu do Grêmio para o Benfica nessa temporada, atendendo a um pedido especial de Jorge Jesus, para alçar voos mais altos e buscar protagonismo na Europa.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Mas segundo o comandante, o brasileiro não vai ter lugar cativo entre os titulares na nova equipe, assim como os demais reforços. Além do atacante, chegaram aos Encarnados outros cinco jogadores: Pedrinho, Gilberto, Helton Leite, Vertonghen e Waldschmidt.

“Os reforços chegam para o plantel, não para o time titular. Claro que, algumas vezes, alguns deles são inquestionáveis. Mas eu procuro reforços para o elenco e não quer dizer que todos vão chegar e ter logo lugar. Comigo não é assim, tem de provar”, afirmou o ex-treinador do Flamengo.

O Mister garantiu que todos os jogadores do elenco têm condições de brigar por uma vaga entre os 11 titulares. E nessa terça-feira (15), contra o PAOK, pela fase preliminar da Champions League, o comandante tem mais uma oportunidade para testar seus comandados.

“Todos podem surpreender. Esta equipe é jovem, mas tem noção de onde está e para onde quer ir. Vocês (se referindo a imprensa) fazem juízo de valor em função das transferências”, finalizou.

O Glorioso visita os gregos nesse terça (15), às 15h, pelo horário de Brasília-DF, e precisa da vitória para seguir na Champions. Para isso, os Cebolinha deve estar a disposição de JJ para aumentar o poder de fogo do time português.

LEIA MAIS

Erika decide e Corinthians derrota o Grêmio pelo Brasileirão