Futebol na Argentina só volta em novembro e pode prejudicar Libertadores, diz jornal

Futebol na Argentina estava previsto para voltar nesse mês de setembro

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/AFA

Uma decisão conjunta da AFA (Associação de Futebol Argentino) com o governo daquele país pode abalar as estruturas para o recomeço da Libertadores. Segundo apuração do jornal Olé, A AFA vai anunciar em coletiva a suspensão da volta das competições de futebol em todos os níveis. A coletiva será no próximo dia 9 de setembro, às 18h.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Na coletiva, o conselho executivo anunciará que o futebol na Argentina não volta agora em setembro como se previa. A razão é o grande número de infectados por dia pelo coronavírus. A média foi de exorbitantes 10.000 novos casos na última semana. Uma nova previsão de retorno para os jogos não será estipulada.

Só o Boca Juniors registrou 20 infecções de jogadores, em seu elenco profissional, no último mês de agosto. O departamento médico do clube classificou a contaminação em massa como “descuido”.

Ainda segundo o Olé, internamente, a AFA trabalha com o mês de novembro para a volta das partidas, o que prejudicaria o recomeço da Libertadores, previsto para esse mês de setembro. A Conmebol também já anunciou que as Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 começarão no próximo mês de outubro.

LEIA MAIS

SBT encaminha acordo para transmitir Libertadores na TV Aberta, diz site