Globo define valor para ser pago aos clubes por rescisão contratual do Campeonato Carioca, diz blog

Pagamento feito pela Globo será feito de maneira parcelada

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Segundo o blog do jornalista Rodrigo Mattos, a Globo entrou em acordo com Fluminense, Vasco, e Botafogo pela rescisão do Carioca. Dessa forma, cada um dos clubes irá receber R$ 30 milhões por conta do vínculo da competição ter sido rompido, montante que será parcelado em três vezes pela emissora, com o primeiro depósito já tendo sido feito.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Apesar das transmissões não terem sido finalizadas em 2020, o veículo se comprometeu a realizar os pagamentos que estavam previstos. Inicialmente, é informado que o contrato integral previa o recebimento de R$ 100 milhões por ano e iria até 2024, com os três clubes recebendo 20 milhões por temporada, somando R$ 80 milhões. Apesar da diferença, os times envolvidos aceitaram o acordo e não vão entrar na Justiça contra a Globo.

Vale lembrar que a emissora desistiu de realizar a cobertura do Carioca após a MP 984 entrar em vigor. Sendo assim, como o Flamengo exibiu partidas em seu canal no YouTube, a rescisão do contrato foi anunciada em nota oficial. Enquanto houve um acerto com Fluminense, Vasco, e Botafogo, a Ferj não foi incluída nas tratativas, com uma ação judicial sendo mantida pela entidade.

Relembre a nota divulgada pela Globo:

“A Globo anunciou hoje que não vai mais transmitir o Campeonato Carioca. A emissora rescindiu o contrato que mantinha com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e com os Clubes, mas manterá os pagamentos desta temporada.

No entendimento da Globo, o contrato foi violado ontem, quando a FlaTV exibiu ao vivo a partida entre Flamengo e Boavista. De acordo com o contrato, a Globo tinha exclusividade na transmissão dos jogos do Campeonato Carioca. A Federação e onze Clubes assinaram o compromisso. A exceção foi o Flamengo. Na ocasião da assinatura e por várias temporadas em que o contrato foi cumprido, a legislação brasileira previa que, para a transmissão de qualquer partida, era necessária a obtenção de direitos dos dois Clubes envolvidos. Legalmente, ninguém poderia transmitir os jogos do Flamengo no Carioca e só a Globo poderia transmitir os demais.

No dia 18 de junho, a Presidência da República editou a Medida Provisória 984, passando ao mandante dos jogos os direitos de transmissão. O Flamengo se baseou nessa MP para transmitir a sua partida ontem no Maracanã. A Globo entende que a Medida Provisória não poderia alterar um contrato celebrado antes de sua edição e protegido pela Constituição.

Como a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e os demais Clubes não foram capazes de garantir a exclusividade prevista no contrato, não restou à Globo outra alternativa além da rescisão e o encerramento das transmissões dos jogos do Carioca – incluindo os três jogos de hoje que encerram a quinta rodada da Taça Rio e que seriam exibidos no Sportv e no Premiere.

A Globo é parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas e entende a importância do esporte para Clubes, jogadores, marcas e torcedores. Exatamente por isso, apesar da decisão de rescindir o contrato imediatamente, a Globo está disposta a fazer os pagamentos restantes desta temporada, em nome da sua parceria histórica com o futebol e da sua boa relação com as equipes. Mas acredita que o futebol só será capaz de vencer as inúmeras dificuldades com planejamento e segurança jurídica para aqueles que investem altas quantias nesse negócio tão importante para o Brasil e para os brasileiros.”

LEIA MAIS

CBF acata pedido de Globo e Turner e jogos do Brasileirão às 20h de domingo serão recorrentes