Lutadora dedica vitória no UFC a avó que morreu com Covid-19

Viviane Araújo derrotou Montana de la Rosa no último sábado (8) em Las Vegas

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook UFC Brasil

O UFC Vegas 9, no último final de semana, teve sucesso dos brasileiros em quase todas as lutas. Viviane Araújo venceu Montana de La Rosa no evento, um triunfo que rendeu uma homenagem a avó, vítima da Covid-19.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

Lúcia, a avó de Viviane, morreu com 79 anos depois de contrair o coronavírus. A avó da peso-mosca do Distrito Federal também tinha doença de Chagas e foi homenageada pela brasileira com o triunfo no Ultimate.

“A minha avó foi uma pessoa muito especial na minha vida. Ela participou bastante da minha infância e adolescência, foi muito presente. Já na fase adulta, como me mudei mais perto de onde treino, fiquei um pouco longe dela, mas sempre ia visitá-la. Ela já estava debilitada por causa da doença de Chagas e ela pegou a Covid-19 e complicou ainda mais a saúde dela”, disse Viviane ao Combate.

“A família sentiu bastante a perda dela. Mas está todo mundo forte, consegui a vitória e a dediquei a ela. Fiquei muito feliz e emocionada. Foi um ano muito difícil para nossa família, mas consegui a vitória. Dá um ânimo demais para a gente”, completou.

Com a vitória, Viviane começa a pesar nas próximas rivais que terá pelo UFC. A escocesa Joanne Calderwood começa a se tornar uma opção, graças a uma campanha feita pelos fãs da brasiliense, que prefere que o Ultimate decida o seu destino

“Está todo mundo querendo que eu lute contra a JoJo (Calderwood). É um confronto interessante e é o que eu quero também. Mas eu prefiro não escolher. Prefiro que o UFC escolha e me mande. Qualquer adversária, estarei preparada para enfrentar. Quero estar ativa na organização e mostrar meu trabalho. E, por merecimento, buscar meu espaço na categoria”, relatou a peso-mosca.

LEIA MAIS

Charles do Bronx deixa luta contra Beneil Dariush no UFC08/

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook UFC Brasil)