Neto aponta racismo de Sampaoli com Arzul e Chulapa no Santos: “Que absurdo”

Apresentador ficou sabendo que Jorge Sampaoli não deixava preparador de goleiros entrar no vestiário durante época em que treinava o Santos

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Reprodução/Instagram

O treinador Jorge Sampaoli foi duramente criticado pelo apresentador Neto durante o programa Os Donos da Bola desta quinta-feira (10). O ex-jogador relatou que ficou sabendo que o atual comandante do Atlético-MG não deixava o preparador de goleiros Arzur e o ídolo Sérginho Chulapa entrarem no vestiário durante os jogos do Santos na temporada passada.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Ex-Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, Neto destaca possibilidade de racismo por parte do técnico argentino e criticou o clube por proibir que os profissionais não fossem liberados para estar no vestiário antes dos jogos da equipe do Litoral de São Paulo em 2019.

Arzur acabou sendo expulso durante o jogo entre Atlético-MG e Santos na Vila Belmiro pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. O preparador de goleiros teria ido para cima de Jorge Sampaoli na comemoração de um dos gols paulistas na vitória do time da Baixada Santista.

VEJA O COMENTÁRIO DE NETO SOBRE POSSÍVEL RACISMO DE SAMPAOLI:

LEIA MAIS:

VÍDEO: Neto se revolta com cobrança de falta do Corinthians durante transmissão

Edilson diz que Mbappé é “mais ou menos” e critica francês: “Não tem inteligência, só corre”